Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 25/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 25/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 25/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 25/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

Moda e cinema dialogam em Paris

media Festival ASVOFF reúne em Paris seleção de filmes de moda www.ashadedviewonfashionfilm.com

Paris acolhe neste fim de semana a 7ª edição do A Shaded View on Fashion Film, festival que celebra a produção de filmes de moda. O evento coincide com a estreia, neste sábado (22), da performance Cloakroom – Vestiaire obligatoire, protagonizado pela atriz Tilda Swinton, que "dialoga" com as roupas da plateia no museu Galliera.

Não é de hoje que moda e cinema vivem uma verdadeira história de amor. Entre o glamour que ganhou o mundo graças com o poder de Hollywood desde os anos 30, passando pelo vai e vem entre publicidades e desfiles de cineastas e atrizes, até as biografias de mestres das tesouras, como Yves Saint Laurent ou Chanel, que fizeram sucesso nas telonas, a lista de exemplos é longa e vem ganhando cada vez mais espaço no panorama audiovisual. Não apenas por seu aspecto comercial – já que muitas marcas transformaram esses filmes em poderosas ferramentas de comunicação e marketing – mas também por sua dimensão artística, com uma produção cada vez mais criativa.

Foi pensando neste filão que Diane Pernet, ex-estilista e personagem do mundo da moda parisiense, lançou A Shaded View on Fashion Film (ASVOFF), que tem sua 7ª edição neste fim de semana na capital francesa. Ela tenta, a cada ano, reunir o que há de mais interessante nos chamados “filmes de moda”, um conceito cuja definição ainda é vaga. Alguns defendem que apenas as publicidades e as produções cinematográficas que abordam explicitamente o universo da moda, como os documentários de Loïc Prigent, que mostram os bastidores dos desfiles, ou ficções, como O diabo veste Prada, se enquadram nessa categoria.

Mas imagens emblemáticas, como Audrey Hapburn admirando as vitrines da Tiffany vestida de Givenchy em Bonequina de Luxo (1961) ou o look de James Dean em Juventude Transviada (1955), que marcaram gerações, acabaram incluindo, por sua dimensão "inspiradora", alguns clássicos do cinema nesta categoria de fronteiras tênues. Além disso, alguns críticos de arte e teóricos já estudam a produção de filmes artísticos, muitos deles produzidos ou encomendados pelas próprias marcas ou grupos de luxo, considerado-os como "fashion films". "Não queremos trazer uma definição, e sim mostrar a diversidade dessa produção" declarou Diane Pernet na abertura do festival,na sexta-feira (21), no centro George Pompidou.

O cineasta chileno Alejandro Jodorowsky foi um dos homenageados desta edição do ASVOFF, que também promoveu o seu primeiro prêmio, definido por um grupo de profissionais do setor. O júri foi dirigido pelo estilista belga Dries Van Noten e a lista dos premiados foi divulgada diante de uma sala repleta de atores da moda, como Claude Montana, um dos principais nomes das passarelas parisienses dos anos 80, que sempre prestigia o evento.

O filme Jumper, realizado por Justin Anderson para a marca britânica Jonathan Saunders ganhou o Grand Prix. O Brasil também teve uma presença indireta com a premiação, na categoria Beauty Prize, de Menswear for Women, vídeo de Marie Schuller, encomendado pela estilista brasileira baseada em Londres Barbara Casasola. O festival ASVOFF termina neste domingo (23).

Atriz Tilda Swinton "conversa" com a moda

O fim de semana parisiense também é marcado pela estreia de Cloakroom – Vestiaire Obligatoire, performance criada por Olivier Saillard, diretor do Palácio Galliera, um dos dois museus da moda de Paris, e pela atriz Tilda Swinton. Depois de The Impossible Wardrobe, em 2012, quando a britânica encenou com peças históricas do acervo, e Eternity Dress, em 2013, quando os dois brincaram com o conceito do vestido perfeito, este ano a dupla decidiu interagir com a plateia.

Partindo da ideia do vestiário, o público entrega casacos, chapéus ou cachecóis que se tornam coadjuvantes na performance. No dia da estreia Tilda se enrolou em manteaux, desfilou com paletós e conversou com echarpes, em uma emocionante encenação na qual as roupas do dia a dia são reinventadas e ganham ares de obra de arte, longe das passarelas.

Cloakroom – Vestiaire Obligatoire fica em cartaz até 29 de novembro e faz parte do Festival de Outono de Paris.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.