Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Desporto

Mayra Aguiar ganha primeiro ouro do Brasil no Mundial de Judô

media Mayra Aguiar comemora sua vitória e a medalha de ouro no Mundial de Judô, em 29 de agosto de 2014. Foto: IJF

A gaúcha Mayra Aguiar se tornou campeã mundial de judô nesta sexta-feira (29) ao vencer na final a francesa Audrey Tcheuméo. Com a vitória, Mayra garantiu a primeira medalha de ouro para o Brasil no Mundial que está sendo disputado em Chelybiansk, na Rússia.

Para chegar ao ouro, Mayra teve que vencer cinco lutas. Sua trajetória começou pela italiana Assunta Galeona de quem ganhou por ippon, o golpe máximo no judô.

Na sequência, a judoca brasileira enfrentou a espanhola Laia Talarn e venceu por 1 wazari e 1 yuko. Contra a russa Alena Kachorovskaya, a brasileira teve sua luta mais fácil. Aplicou um golpe certeiro com apenas 1'38" de luta e foi para a semifinal. Na etapa seguinte, voltou a mostra sua força e garra e passou pela americana Kayla Harrison novamente com um wazari e um yuko.

Na batalha final pelo ouro, Mayra surpreendeu Audrey Tcheuméo que havia vencido todas suas lutas anteriores por ippon. Ela derrotou a francesa de 24 anos com um wazari, após aplicar um belo golpe com pouco mais de um minuto de luta. A eslovena Anamari Velensek e a americana Kayla Harrison terminaram com o bronze.

Mayra Aguiar, (segunda da esquerda para a direita), exibe sua medalha de ouro ao lado de outras medalhistas do Mundial de Judô. Foto: IJF

Ouro de Mayra faz Brasil saltar no quadro de medalhas

A medalha de ouro de Mayra, a única do Brasil até agora neste Mundial, fez o país saltar para 4° lugar na classificação geral atrás do Japão, França e Geórgia. A delegação brasileira chegou com a ambição de conquistar pelo menos sete medalhas na competição, mas até o momento tem duas: o ouro de Mayra na categoria meio-pesado (78kg) e o bronze de Érika Miranda, no meio-leve (52kg).

O Brasil não havia começado bem este quinto e penúltimo dia do Mundial de Judô. A peso médio (70kg) Barbara Timo foi derrotada pela colombiana Yuri Alvear em sua segunda luta e não disputou medalha. Bárbara tinha vencido na estreia a sul-coreana Hye Jin Jeong por ippon.

No masculino, Tiago Camilo, da categoria peso médio (90 kg), decepcionou e perdeu logo na sua estreia para o sérvio Dmitri Gerasimenko por um yuko.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.