Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 13/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 13/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 13/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 13/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 13/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Candidato socialista François Hollande lança programa de governo

media O candidato do Partido Socialista francês, François Hollande, durante discurso em Toulon desta terça-feira. REUTERS/Philippe Laurenson

O socialista François Hollande, opositor do presidente Nicolas Sarkozy nas eleições de abril próximo, lança hoje oficialmente seu programa de governo, composto de 60 propostas. O déficit zero até 2017 é o marco das propostas do candidato. Para chegar a esse objetivo, François Hollande propõe uma série de reformas fiscais e estruturais na economia francesa, a começar pelo aumento de impostos sobre os ricos.

O projeto é elevar os tributos pagos sobre os que ganham mais de 150 mil euros por ano de 41% para 45%, se o candidato vencer as eleições que começam em abril. Hollande quer provar que as mudanças começam de cima e deseja reduzir em 30% os salários do presidente e dos ministros franceses. Para relançar a produção e o crescimento, o socialista pretende criar um banco público de investimentos, que vai ocupar papel-chave no desenvolvimento do país. No combate ao desemprego, Hollande quer focar as atenções na abertura de postos de trabalho para os jovens e enquadrar as empresas que abusam de empregos temporários.

As 60 propostas do candidato também tocam áreas polêmicas, como o projeto de autorizar o casamento e a adoção de filhos pelos homossexuais e a retirada imediata dos soldados franceses do Afeganistão.

O programa do socialista é lançado oficialmente nesta manhã e, à noite, ele vai à televisão explicá-lo aos franceses, que se mostram cada vez mais favoráveis à sua ascensão ao poder. Uma nova pesquisa eleitoral publicada hoje pelo instituto CSA afirma que ele aumentou a vantagem sobre Sarkozy: o socialista está com 31% das intenções de voto no primeiro turno, contra 25% para o atual presidente conservador. No segundo turno, Hollande sairia vencedor com 60% dos votos, 3 pontos a mais do que tinha há duas semanas.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.