Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 26/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 26/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 26/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 26/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Ataque na escola judaica repercute na campanha presidencial francesa

media O presidente francês, Nicolas Sarkozy.

Dos dez candidatos às eleições presidenciais francesas, oito deles, incluindo o presidente Nicolas Sarkozy, decidiram suspender por três dias a campanha em memória às vítimas do ataque contra a escola judaica de Toulouse. Nesta terça-feira, apenas dois candidatos, François Bayrou e Jean-Luc Mélénchon, confirmaram que mantêm os compromissos eleitorais.

O presidente-candidato Nicolas Sarkozy suspendeu a campanha até a quarta-feira quando serão enterrados os corpos dos militares mortos em ataques cometidos na semana passada, supostamente pelo mesmo autor do crime na escola de Toulouse.

Sarkozy cancelou seus compromissos de campanha e participa do enterro dos três militares na cidade de Montauban, no sudoeste do país.

O candidato socialista François Hollande também anulou sua participação em um programa de televisão e participou, nesta terça-feira, de uma homenagem às vítimas. Ele esteve em uma escola e observou um minuto de silêncio.

A candidata do partido de extrema-direita, Marine Le Pen, também cancelou sua participação em um programa de debates na tevê na segunda-feira e voltará a fazer campanha a partir desta quarta-feira.

Ato de resistência

Jean-Luc Mélénchon, da Frente de Esquerda, afirmou que mantém a campanha como um “ato de resistência moral, intelectual e afetiva”. O candidato centrista François Bayrou decidiu prosseguir normalmente com sua campanha para denunciar “o aumento da intolerância”.

Segundo Bayrou, o crime da escola judaica em Toulouse é revelador do “estado da sociedade” e acusou os responsáveis políticos de disseminarem uma tensão no país ao “apontarem o dedo” em função “das origens” das pessoas.

Para muitos analistas, os candidatos à eleição presidencial estão diante de uma situação delicada porque ao mesmo tempo não devem demonstrar oportunismo político diante de uma tragédia mas também não querem deixar o presidente Sarkozy, candidato à reeleição, reagir sozinho para a opinião pública.


*Clique aqui para saber mais sobre os candidatos e regras das eleições presidenciais francesas e confira os bastidores em nossa galeria de imagens.
* Não deixe de navegar pela nossa série de matérias especiais e programas, aqui!
*Acompanhe nosso facebook, clicando aqui.
*Se você prefere o twitter, clique aqui.

 

 

 

 

 

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.