Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Com anulação de lei, assédio sexual não é mais crime na França

media

Nesta sexta-feira, o Conselho Constitucionnal francês anulou a lei sobre o assédio sexual, por considerar que não é clara o suficiente para evitar erros de interpretação. A decisão deixa um vazio jurídico, considerado catastrófico pelas associações feministas. Uma manifestação será realizada neste sábado, na Praça Colette, em Paris, para se exigir uma nova lei.

 

Tudo começou quando os chamados "Sábios" do Conselho receberam uma pergunta prioritária de constitucionalidade, ou seja, a própria lei foi questionada; no caso, a pergunta partiu de um ex-deputado, Gérard Ducray, condenado em 2011 a três meses de prisão, por assédio sexual.

O acusado alegou diante do Conselho que o Código Penal não definia claramente o delito, dando margem a todos os tipos de interpretação. O Conselho Constitucional analisou a questão e decidiu anular a lei de 2002, baseando-se no princípio de que todos os crimes e delitos devem ser definidos em termos claros e precisos.

Todos os processos em andamento por assédio sexual na França foram anulados e até uma nova lei ser adotada, meses e até mesmo anos podem passar.

As associações de defesa dos direitos da mulheres consideram o fato um retrocesso histórico e decidiram fazer uma manifestação neste sábado, na Praça Colette, em Paris, exigindo uma nova lei o mais rapidamente possível.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.