Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

França adota nova legislação sobre assédio sexual

media Cena do filme Assédio Sexual (1994), dirigido por Barry Levinson, com Demi Moore e Michael Douglas. Warner Bros. France

O parlamento francês adotou definitivamente, nesta terça-feira, em raro consenso, o projeto de lei sobre o assédio sexual, acabando com o vazio jurídico provocado pela polêmica anulação da legislação anterior, dois dias antes da eleição de François Hollande. O novo texto tem como objetivo punir o assédio sexual e encorajar as denúncias de vítimas.

A lei anterior foi anulada pelo Conselho Constitucional francês, que não a considerava clara o bastante para evitar erros de interpretação. A decisão, do dia 4 de maio, engavetou imediatamente todos os processos judiciários em curso. O novo governo de François Hollande, eleito dois dias depois, trabalhou a toque de caixa para elaborar um novo texto.

A nova lei propõe uma definição mais ampla de assédio, a fim de abranger maior número de situações. Segundo o texto, “assédio sexual é o feito de impor a uma pessoa, de maneira repetida, propostas ou atitudes de conotação sexual que ferem a dignidade pelo caráter degradante ou humilhante ou que criam uma situação intimidante, hostil ou ofensiva”.

Além disso, a legislação também define como assédio sexual “o ato, mesmo não repetido, de usar forte pressão, com o objetivo real ou aparente de obter um ato de natureza sexual, seja este para favorecer o autor dos atos ou terceiros”.

Pela nova lei, o delito pode levar a dois anos de prisão e até 30 mil euros de multa. Em circunstâncias agravantes, tendo como vítimas menores de 15 anos ou pessoas vulneráveis, ou realizado por várias pessoas, a pena pode passar para três anos e a multa a 45 mil euros.

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.