Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

Airbus inaugura fábrica de novo avião ecológico

media O primeiro-ministro da França, Jean-Marc Ayrault inaugurou a nova unidade da Airbus onde será fabricado o aparelho Airbus A350. REUTERS/Remy Gabalda/Pool

O primeiro-ministro francês, Jean Marc-Ayrault, inaugurou nesta terça-feira, 23 de outubro de 2012, uma nova unidade da Airbus em Colomiers, região sudoeste da França. A nova linha de montagem do fabricante europeu  vai produzir o Airbus A350 XWB que será comercializado a partir de 2014 e visa acabar com o domínio da rival Boeing no mercado de aviões para trajetos intercontinentais.

Ao inaugurar a nova unidade, o premiê francês disse que a Airbus “simboliza a Europa dinâmica, capaz de vencer no mercado internacional." A nova linha de montagem custou 400 milhões de reais. O projeto foi elaborado respeitando conceitos de economia verde. As instalações de 74 mil metros quadrados têm calefação a lenha e 55% da eletricidade consumida pelos imensos galpões são geradas por painéis de energia solar.

O Airbus A350 XWB será o avião mais econômico e ecológico de sua categoria. Entre outras inovações, ele vai utilizar 50% de materiais compostos mais leves na fuselagem, nas asas, no sistema de proteção contra raios. Em dezembro, o primeiro avião de testes deve estar pronto, outros quatro aparelhos vão completar a frota de testes ao longo do ano que vem. O A350 é o grande rival do 787 Dreamliner da Boeing, que ficou pronto em 2011 com três anos de atraso. Ele terá capacidade para transportar entre 270 a 350 passageiros.

Segundo o presidente da Airbus, Fabrice Brégier, o A350 vai garantir ao construtor europeu 50% do mercado de aviões para distâncias intercontinentais. A fabricante europeia já domina o mercado de aviões para distâncias médias.
 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.