Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 27/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 27/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 27/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 27/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Artigo

Partido de extrema-direita francês conquista duas cadeiras no Senado

media O Senado francês agora terá dois representantes da extrema-direita Flickr/h de c

O partido francês de extrema-direita Frente Nacional obteve neste domingo (28), pela primeira vez na história da França, duas cadeiras no Senado, confirmando o avanço da legenda no país e o enfraquecimento do PS (Partido Socialista), do presidente François Hollande.

Os dois parlamentares eleitos são David Rachline e Stéphane Ravier, “um símbolo para o partido que representa a juventude francesa ”, segundo a presidente do FN, Marine Le Pen.

Segundo Le Pen, que defende o fim do euro, do espaço Schengen e políticas contra a imigração, a eleição demonstra o avanço da legenda a cada eleição. “Não existe mais nenhuma tribuna nas instâncias de poder proibidas para o FN”, disse. “Nossos votos se multiplicaram par 3 e até por 10 em algumas regiões”, declarou.

As eleições para senador na França são indiretas. Em cada circunscrição, um colégio eleitoral formado por deputados, vereadores e deputados estaduais, eleitos por voto direto, indicam os futuros parlamentares. David Rachline tem apenas 26 anos é o senador mais jovem da história da França. Marion Le Pen, sobrinha de Marina Le Pen, já havia obtido uma cadeira de deputada com apenas 22 anos, em 2012.

A questão agora é qual será o poder dos parlamentares de extrema-direita, que estarão isolados na casa, que conta com 348 senadores eleitos para um mandato de seis anos. Hoje, apenas a metade das cadeiras (178) foi renovada. “Eles vão fazer a mesma coisa que nossos deputados fazem na Assembleia: impor debates que não existem, como a abertura total das fronteiras e suas consequências no equilíbrio de nossos territórios”, disse a líder do FN

A França ainda guarda na memória o trauma das eleições de 2002, quando o então candidato Jean Marie Le Pen disputou o segundo turno das eleições presidenciais contra o representante do UMP, Jacques Chirac.

Direita reconquista o Senado

O partido UMP reconquistou a maioria das cadeiras do Senado francês, segundo o líder do partido na Câmara, Jean-Claude Gaudin. “O retorno da direita ao Senado é uma grande alegria para a França”, disse o senador em sua conta no Twitter. Há três anos, a esquerda se tornou a tendência dominante, pela primeira vez desde 1958, quando teve início a chamada Quinta República, que marca a reforma constitucional e instaura a eleição do presidente por voto direto.
 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.