Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 18/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 18/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 18/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 18/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Mundo

Vaga de calor assola a França

media 40° em Paris no dia 1 de julho, a temperatura mais elevada na capital desde 1947 AFP FOTO / THOMAS OLIVA

A canícula abateu-se novamente sobre o território francês prevendo-se que esta segunda vaga de calor neste Verão faça aumentar a mortalidade. Isto numa altura em que o ministério francês da saúde estabelece o primeiro balanço da primeira vaga de calor que ficou marcada por temperaturas recorde em França

Como resultado do primeiro episódio canicular de 29 de junho a 5 de julho, morreram mais 700 pessoas do que a média do ano passado.

A titular da pasta da saúde, Marisol Touraine, indicou que estes números constituem um aumento de 7 % relativamente à média observada no período homólogo do ano passado, no qual não houve canícula.

No entanto, trata-se de um acréscimo de mortalidade limitado, segundo Marisol Touraine, comparando com outros episódios caniculares.

Desde logo, o de agosto de 2003 que verificou um aumento da mortalidade de 55 % relativamente à média da altura em períodos não sujeitos a uma vaga de calor.

A ministra francesa da saúde considera que a acção do "Plano Canícula" tem sido determinante enquanto o director-geral do Instituto de Vigilância Sanitária, François Bourdillon sublinhou que comparando com o episódio de 2003 que foi catastrófico, o sistema foi melhorado.

Instaurado após a vaga de calor de 2003, o "Plano Canícula" é activado no período estival, a título preventivo, com objectivo de proteger os mais vulneráveis, idosos, deficientes, doentes, crianças e sem-abrigo.

O ministro francês do trabalho François Rebsamen exortou ontem os patrões a adaptarem os horários de trabalho dos seus assalariados mais expostos à canícula anunciada para estes dias, alertando para o facto de os inspectores do trabalho estarem mobilizados e vigilantes.

 Ouça o ponto da situação.

Ponto da Situação 16/07/2015 ouvir

 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.