Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Terrorismo, ruptura no PS francês, eleições no Irão

Terrorismo, ruptura no PS francês, eleições no Irão
 
Primeiras páginas dos jornais franceses de 25 de fevereiro de 2016 RFI

Terrorismo, eleições no Irão ou a guerra que divide o Partido socialista francês, sobre várias reformas sociais e políticas, são as grandes manchetes dos jornais franceses nacionais.

LE FIGARO pergunta na sua manchete, Código de trabalho: Hollande vai conseguir controlar a sua esquerda? Basta!, escrevia ontem numa carta colectiva a antiga ministra e ex-líder do Partido socialista Martine Aubry.

Para o mesmo LE FIGARO, foi uma ataque violento contra a política do governo em geral. Um ataque, que no entanto, deixa de mármore, o Presidente Hollande e o seu primeiro-ministro Valls.

Aubry/Valls, o ponto de ruptura é a manchete do LIBÉRATION. Com a carta ataque, a Presidente da câmara municipal de Lille, imprime um novo dado na fractura que dilacera o partido socialista, entre uma esquerda social e outra esquerda liberal, sublinha LIBÉRATION.

Por seu lado, LE MONDE, destaca os três meses de estado de emergência e pergunta que balanço contra o terrorismo? O primeiro período de três meses termina na sexta-feira, mas o Parlamento já votou uma prolongação de mais 3 meses até 26 de maio.

Nesse meio tempo, mais de 3 mil rusgas, só resultaram em 3 processos antiterroristas, mas permitiram coimar cerca de 250 espécies de estupefacientes, 580 armas de cAlibre diverso e mais de 270 pessoas colocadas em residência domiciliária.

Enfim, 5 das pessoas sob residência domiciliária aprensentaram queixa-crime contra o ministro do interior por atentado à liberdade individual, nota LE MONDE.

Sobre política internacional, LA CROIX, faz a sua manchete titulando Sonhos iranianos. Na véspera das eleições legislativas, ainda é difícil fazer um mergulho num país, após o fim de um longo embargo, mas os iranianos esperam uma abertura.

Quanto à África, LIBÉRATION, faz uma longa reportagem sobre a Líbia, onde o exército prepara-se para o confronto com os combatentes da organização jihadista para o controlo de Misrat, que está na pista do chamado estado islâmico.

Para tal o governo pede a ajuda da comunidade internacional , sublinha, LIBÉRATION.


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    Terrorismo e reformas sociais em França

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Síria: o confronto entre ocidentais e a Rússia

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Metade dos socialistas recusa estado de emergência na Constituição

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.