Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Reportagem: ruas de França contra a Lei do Trabalho

Reportagem: ruas de França contra a Lei do Trabalho
 
Carro incendiado durante uma manifestação "selvagem" 24/03/16 REUTERS/Gonzalo Fuentes

A França está a ferro e fogo! Desde 9 de março que a tensão social tem aumentado com manifestações sucessivas contra o projecto governamental de reforma do código laboral, conhecido como Lei El Khomri. Dia 17 e 24, ficaram marcados pela contestação juvenil e estudantil e por desacatos com as forças policiais. Os bloqueios de liceus e de universidades tornaram-se frequentes, as assembleias gerais inflamam os anfiteatros e desembocam nas ruas por vezes com uma simbiose entre a juventude e os assalariados.

A RFI esteve no terreno na passada quinta feira e cobriu uma manifestação selvagem. Hugo dos Santos, trabalhador precário português residente em França, aborda connosco a origem do movimento contestatário, a sua estruturação, os diferentes actores e métodos começando por falar do receio que o governo tem da aliança entre jovens estudantes e trabalhadores.


Sobre o mesmo assunto

  • Vida em França

    Lei do trabalho em França contestada

    Saber mais

  • França: Governo faz concessões na reforma laboral

    Saber mais

  • França

    Manifestações e greves contra lei do trabalho em França

    Saber mais

  • França

    França vive dia de greve

    Saber mais

  • Ursula von der Leyen aos comandos da UE

    Ursula von der Leyen aos comandos da UE

    O Parlamento Europeu validou, esta terça-feira, à tangente, o nome de Ursula von der Leyen para presidir a Comissão Europeia. É a primeira vez que uma mulher vai dirigir …

  • Caso Chang: Primeira vitória da sociedade civil

    Caso Chang: Primeira vitória da sociedade civil

    A África do Sul quer rever a decisão de extraditar o antigo ministro moçambicano das Finanças, Manuel Chang, para Moçambique. Uma vitória para o Fórum de Monitoria do …

  • Nuno Nogueira, um arquitecto no Cairo

    Nuno Nogueira, um arquitecto no Cairo

    O Egipto tem vivido ao ritmo do Campeonato Africano das Nações de futebol, aliás, viveu ao ritmo do futebol, mas desde o afastamento da selecção egípcia, a população …

  • Vincent Lambert: autópsia é uma

    Vincent Lambert: autópsia é uma "questao político-social"

    O corpo de Vincent Lambert foi autopsiado esta manhã, depois de ontem à noite o Procurador da República de Reims ter anunciado a abertura de um inquérito à morte do tetraplégico …

  • As cores de Da Silva em Avignon

    As cores de Da Silva em Avignon

    A história de um corvo que pinta o mundo de todas as cores, mas que vive na mais profunda depressão. Como todos os corvos, Coco é preto e não consegue pintar-se de outras …

  • Vincent Lambert: morrer com dignidade?

    Vincent Lambert: morrer com dignidade?

    Vincent Lambert morreu nove dias depois de lhe terem sido desligadas as máquinas que o mantinham vivo.O francês tetraplégico encontrava-se em estado vegetativo persistente …

  • Genoma B, cinco mulheres e um caixão no palco de Avignon

    Genoma B, cinco mulheres e um caixão no palco de Avignon

    Uma mãe dominadora. Cinco filhas submissas, presas a um luto de oito anos pela morte do pai e ao julgamento implacável da sociedade.Genoma B da companhia espanhola Albadulake …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.