Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Terrorismo jiadista volta a atacar França

Terrorismo jiadista volta a atacar França
 
Primeiras páginas dos jornais franceses de 15 de junho de 2016 RFI

As primeiras páginas dos jornais franceses estão dominadas pela temática do terrorismo, quer a nível nacional, em França, quer a nível internacional, nos Estados Unidos.

Le FIGARO, faz o seu principal título, publicando uma faixa negra sobreposta pela bandeira da França e as fotos de Jean Baptiste Salvaing e Jessica Schneider.

Os dois agentes da polícia francesa, vítimas da barbárie islamita, sublinha LE FIBGRO, foram assassinados no seu domicílio por um fanático religioso que disse pertencer ao Daesh, a organização terrorista jiadista.

Assassinados em nome de Daesh, replica em título, AUJOURD'HUI EN FRANCE, os dois agentes policiais, foram assassinados na presença do próprio filho de 3 anos, pelo homem da assassinada Jessica, um homem undamentalista que diz pertencer ao estado islâmico.

Polícias, atingidos no coração, titula LA CROIX, com a fotografia de um polícia com a divisa atravessada por uma faixa preta em sinal de luto. Banalidade da violência é o editorial do LA CROIX, que sublinha, citando o primeiro-ministro francês, que o limite no horror foi ultrapassado com o assassínio de um casal de polícia por um jihadista na segunda-feira, em Yvelines, arredores de Paris.

Terrorismo de proximidade em letras vermelhas cor de sangue é do LIBERATION, que faz o paralelelismo entre os ataques de domingo nos Estados Unidos e o de segunda-feira, em França, por um Jiad local, praticado pelo chamado estado islâmico. Da Flórida a Yvelines é a internacional do terror, sublinha LIBERATION.

Por seu lado, LE MONDE faz o seu principal título com o Brexit: pânico entre os pró-europeus. A uma semana do referendo sobre a saída ou não do Reino Unido da União Europeia, as últimas sondagens dão a ganhar os britânicos que querem sair da insituiçao europeia.

A campanha dos que querem ficar não convence os britânicos. A opinião pública britânica vê no Brexit o meio mais seguro de parar com a chegada de imigrantes refugiados e trabalhadores da Europa de Leste, sublinha LE MONDE.

A terminar é o mesmo vespertino, que em relação à África, destaca a Etiópia que ameaça a Eritreia com uma guerra total e houve confrontos no passado domingo entre os seus dois exércitos ao longo da fronteira.

As duas nações guardam ainda intacta na memória a grande guerra entre 1998 e 2000 que fez então 700 mil mortos, sublinha LE MONDE.
 


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    Terrorismo e reformas sociais em França

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Terrorismo, ruptura no PS francês, eleições no Irão

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    A França interroga-se sobre como lutar contra o terrorismo e encarar o futuro

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.