Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 26/03 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 27/03 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/03 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/03 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 26/03 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 27/03 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/03 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/03 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 26/03 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 27/03 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/03 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/03 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 26/03 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 27/03 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/03 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/03 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

França: ex-ministro do Orçamento de novo em tribunal

media Jérôme Cahuzac, ex-ministro do Orçamento (AP / JPP )

Foi hoje retomado em França o processo do ex-ministro do Orçamento, Jérôme Cahuzac, acusado de evasão fiscal e branqueamento de capitais. Se for declarado culpado, o político poderá ser condenado a até sete anos de prisão e ao pagamento de uma multa de cerca de um milhão de euros.

Jérôme Cahuzac, o ex-ministro do Orçamento que protagonizou um dos maiores escândalos do mandato de François Hollande, regressou hoje à barra do tribunal, oito meses antes das eleições presidenciais. Cahuzac é acusado de fraude fiscal, branqueamento de dinheiro e falsa declaração do património aquando da entrada no governo em Maio de 2012.

Quando o escândalo foi revelado pelo site noticioso Mediapart, em 2013, o ex-ministro do Orçamento, que defendia a luta contra a evasão fiscal, jurou perante o parlamento que não tinha nem nunca teve uma conta na Suíça para fugir aos impostos em França. Mais tarde acabou por confessar que tinha mentido.

Os juízes suspeitam que o antigo ministro tenha escondido o dinheiro numa conta suíça transferida para Singapura em 2009 através de empresas fantasma no Panamá e Ilhas Seicheles.

A esposa de Cahuzac, Patricia Menard, também é acusada de fraude fiscal e branqueamento de capitais com contas escondidas na Inglaterra, Ilha de Man e Suíça.

Até a mãe do antigo ministro está envolvida no esquema com uma das suas contas a ser alegadamente usada para depositar os cheques da clínica privada do filho.

As audiências vão durar até 15 de Setembro. Se for declarado culpado, o político poderá ser condenado a até sete anos de prisão efectiva e ao pagamento de uma multa de cerca de um milhão de euros.

Também hoje, a agência France Presse noticia que o ex-Presidente francês Nicolas Sarkozy poderá ser julgado em tribunal por um alegado financiamento ilegal da campanha eleitoral de 2012. Sarkozy já está na corrida às presidenciais de 2017.
 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.