Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Nicolas Sarkozy face ao livro-requisitório de Patrick Buisson

media  
Nicolas Sarkozy . 19 de Setembro de 2016. REUTERS/Philippe Wojazer

No seu livro "La Cause du Peuple", Patrick Buisson, antigo conselheiro do ex-Presidente, Nicolas Sarkozy, dá livre curso a um ajuste de contas sobre a face obscura do mandato do ex-Chefe de Estado francês.Segundo os analistas franceses, o que convem chamar-mos de acusações, são divulgadas num mau momento para Nicolas Sarkozy que se candidatou novamente à eleição presidencial, prevista para 2017.

 Com efeito "La Cause du Peuple" de Patrick Buisson , ideólogo da extrema-direita e eminência parda durante a presidência de Sarkozy, entre 2007 e 2012, é segundo os analistas um requisitório contra o actual candidato às primárias da direita francesa. No livro que acaba de ser publicado , Buisson, na época conselheiro e confidente , acusa nomeadamente Nicolas Sarkozy de não estar preparado para a função presidencial e de em 2006 , então como ministro do interior, não ter mandado intervir face aos vândalos que infiltraram no bairro Les Invalides em Paris uma das manifestações contra o polémico CEP, primeiro contrato de trabalho destinado aos jovens proposto pelo governo de Dominique de Villepin.

Em declarações ao canal de televisão público, France 2, Patrick Buisson reiterou as citadas acusações, afirmando que em 2006 Nicolas Sarkozy decidiu posicionar-se como o homem forte do governo face à de Villepin. François Bayrou , presidente do MoDem(partido do centro-direita) pediu que seja diligentado uma investigação sobre as revelações feitas pelo livro de Patrick Buisson .

Bayrou que apoia Alain Juppé, adversário de Sarkozy nas primárias da direita francesa considerou que o antigo Presidente pôs as suas ambições pessoais acima dos seus deveres e interesses do Estado. Nicolas Sarkozy reagiu na quarta-feira, durante um comício em Chantilly, no norte da região parisiense ,afirmando que nada o desviará da sua intenção de reconquistar a presidência da República. O ex-Chefe de Estado francês qualificou de "calúnias " , as acusações feitas por Patrick Buisson no seu livro. O eurodeputado , Brice Hortefeux, velho amigo de Nicolas Sarkozy, afirmou que Buisson, traiu o então presidente da República ao gravar as suas confissões sem que ele o soubesse.

 

                

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.