Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/02 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/02 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/02 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/02 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/02 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/02 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/02 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/02 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/02 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Jovem agredido apela à calma em França

media François Hollande visitou Théo no hospital de Aulnay-sous-Bois, esta terça-feira. Présidence de la République - L. Blevennec

O presidente francês, François Hollande, visitou, esta terça-feira, o jovem agredido pela polícia, que ainda se encontra no hospital. Théo apelou à calma depois de se terem voltado a registar distúrbios nos arredores de Paris.

Esta terça-feira, o presidente francês, François Hollande, visitou o jovem de 22 anos, violentamente agredido pela polícia, a 2 de Fevereiro. A agressão, filmada por câmaras de vigilância, foram divulgadas nas redes sociais e provocaram a indignação da sociedade francesa, assim como distúrbios na cidade de Aulnay-sous-Bois e noutros municípios nos arredores de Paris.

Na noite de segunda para terça-feira, em Aulnay-sous-Bois, os polícias dispararam balas reais face aos incidentes, desde carros incendiados a mobiliário urbano vandalizado. Pelo menos 17 pessoas, incluindo 11 menores, foram detidas durante a noite e iam exprimir-se hoje perante a justiça.

O jovem Théo, de pele negra, apelou à calma, lançando um “não à guerra” transcrito pela imprensa francesa.

O primeiro-ministro, Bernard Cazeneuve, prometeu actuar com “firmeza” em relação aos polícias, se se confirmar a sua culpabilidade.

A líder do partido Frente Nacional, Marine Le Pen, declarou, em entrevista ao canal LCI, que “os seus princípios” a mandam “apoiar as forças da polícia, salvo se for demonstrado pela justiça que eles cometeram um delito ou um crime”.

Juliette Méadel, secretária de Estado de Apoio às Vítimas, elogiou o comportamento de Théo que apelou à calma e admitiu que se pode tratar de um crime de violação. O jovem acusa a polícia de o ter violado com um bastão.

O jovem Théo fez declarações admiráveis. Ele apelou à calma. Se os factos se confirmarem, ele foi vítima de uma violência insuportável, provavelmente por razões de racismo e apelou à calma. Quero aqui sublinhar a exemplaridade do seu comportamento (…) O que este jovem Théo sofreu é evidentemente escandaloso - se se provar que ele foi vítima do que ele descreveu, estamos perante um crime passível de condenação já que a violação é um crime”, afirmou Juliette Méadel.

Oiça aqui as palavras da dirigente.

Secretária de Estado para as Vítimas 08/02/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.