Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 10/12 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 11/12 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/12 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 10/12 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 11/12 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/12 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 10/12 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 11/12 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/12 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 10/12 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 11/12 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 11/12 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Fillon mantém-se na corrida presidencial

media François Fillon, candidato à Presidência francesa Christophe ARCHAMBAULT / AFP

François Fillon, candidato da direita francesa às presidenciais, recusa demitir-se da corrida ao Eliseu e fala em tentativa de "assassínio político". Fillon confirmou ainda que a 15 de Março se vai apresentar aos juízes de instrução.

François Fillon cancelou, em cima da hora, a sua deslocação de campanha prevista para esta manhã ao Salão de Agricultura e convocou uma conferência de imprensa. Aos jornalistas, o candidato presidencial assegurou que se mantém na corrida ao Eliseu e denunciou a tentativa de um “assassínio político”.

Fillon será presente aos juízes de instrução, a 15 de Março, no âmbito do caso Penélope Gate, uma investigação em torno dos empregos fictícios que a sua mulher e filhos.

“Não cederei, não me renderei e não me vou retirar”, garantiu o ex-primeiro-ministro.

François Fillon não poupou críticas à investigação, sublinhando a violação do "princípio de presunção de inocência".

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.