Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Eurodeputados aprovam levantamento da imunidade de Marine Le Pen

media Marine Le Pen, líder da Frente Nacional. REUTERS/Stephane Mahe

O Parlamento Europeu aprovou hoje o levantamento da imunidade parlamentar da líder de extrema-direita francesa, Marine Le Pen. Em causa um pedido da justiça francesa que a investiga por ter publicado no Twitter, em Dezembro de 2015, imagens de atrocidades cometidas pelo grupo Estado Islâmico.

Os deputados europeus pronunciaram-se, hoje, em Bruxelas, com uma larga maioria, pelo levantamento da imunidade parlamentar de Marine Le Pen, a líder do partido Frente Nacional (FN), a pedido da justiça francesa que a investiga por “difusão de imagens violentas”.

O voto em sessão plenária acontece dois dias depois de a comissão dos assuntos jurídicos do Parlamento ter dado um parecer no mesmo sentido.

A candidata do FN às presidenciais está a ser investigada por ter publicado no Twitter, em Dezembro de 2015, fotos do assassínio de reféns do Estado Islâmico, nomeadamente o jornalista norte-americano James Foley. Na altura, em resposta a um jornalista que fez um paralelo entre o seu partido e o grupo autodenominado Estado Islâmico, Marine Le Pen publicou três imagens de vítimas do grupo terrorista e escreveu "Daech é isto!".

Um dia depois, Marine Le Pen acabou por retirar a imagem do corpo de James Folley do Twitter, alegando não saber que se tratava do jornalista e que a família dele lhe tinha pedido para tirar a fotografia da plataforma.

O levantamento da imunidade diz respeito a esta investigação e não ao caso dos alegados assistentes parlamentares do FN que supostamente trabalhavam para o partido em França e que teriam sido pagos com fundos do hemiciclo europeu. Marine Le Pen recusou prestar declarações à polícia sobre o caso dos alegados "empregos falsos" na semana passada.
 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.