Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/05 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 24/05 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/05 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 24/05 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/05 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 24/05 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/05 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 24/05 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/05 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

França: Molins fala em "atentado iminente"

media François Molins, Procurador-Geral de Paris. AFP/Geoffroy Van Der Hasselt

O Procurador-Geral de Paris, François Molins, detalhou em conferência de imprensa esta terça-feira à noite os detalhes da operação policial levada a cabo em Marselha. Dois homens “radicalizados” suspeitos de prepararem um atentado “iminente” em França foram detidos na manhã de ontem.

Os dois suspeitos preparavam “uma acção violenta, iminente em território francês, sem que pudéssemos determinar com precisão o dia, ou os visados”, declarou o procurador.

No apartamento onde estavam os dois indivíduos, em Marselha, as autoridades encontraram um três quilos de explosivos, várias armas, sacos com munições e uma bandeira do autoproclamado Estado Islâmico.

Os suspeitos eram conhecidos das autoridades desde 2015 e 2016 por se terem radicalizado e estariam a preparar um atentado terrorista que deveria ocorrer nos próximos dias.

Os dois indivíduos, de 22 e 29 anos, conheceram-se na prisão onde partilharam a cela durante dois meses em 2015. Na altura foram detidos por delitos comuns.

O mais velho estava a tentar entrar em contacto com o Daesh, certamente para a “transmissão de um vídeo de reivindicação”. François Molins

As detenções acontecem em plena recta final da campanha eleitoral para a primeira volta das eleições presidenciais, prevista para dia 23 de Abril. O executivo já anunciou um dispositivos de mais de 50 mil policias apoiados por militares da operação Sentinela, para garantir o escrutínio.

François Molins, Procurador-Geral de Paris 19/04/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.