Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Martinica e Guadalupe em alerta com furacão Maria

media Imagem de satélite do furacão Maria. 18 de Setembro de 2017. AFP PHOTO / NOAA/RAMMB

As ilhas francesas da Martinica e da Guadalupe estão em alerta para a passagem do furacão Maria. José Fernandes, residente na cidade de Lamentin, na Guadalupe, reforçou a protecção nas janelas, mas não correu aos supermercados para comprar stock de água e comida.

Residente há 31 anos nas Antilhas Francesas, José Fernandes ajudou dezenas de portugueses que chegaram à Guadalupe depois do furacão Irma ter devastado as ilhas de Saint-Martin e Saint-Bartholomé, na semana passada. Acolheu dezenas de pessoas na sua casa e apesar de ter ouvido histórias de quem perdeu quase tudo e decidiu regressar a Portugal, José Fernandes não se mostra com receio do novo furacão.

“Nunca estamos preparados a 100%, mas a construcção actual – depois do ciclone Hugo que foi em 1989 – tem melhorado muito (…) Temos algumas partes vidradas na casa que são protegidas com contraplacado aparafusado nas janelas para qualquer eventualidade”, descreveu José Fernandes.

O português viu filas de pessoas nos supermercados, mas não reforçou o stock de alimentos nem de água porque defende que basta “só o necessário”.

“As pessoas antes destes fenómenos compram tudo e mais alguma coisa e depois os outros ficam sem nada. Eu compro só o necessário”, contou, criticando quem “compra coisas para meter no congelador” sob o risco de ficar sem electricidade.

“Até é engraçado: há pessoas que compram sal na eventualidade que seja preciso conservar alimentos”, testemunhou, ainda, o delegado da associação de autarcas franceses de origem portuguesa Cívica.

José Fernandes Rodrigues 18/09/2017 ouvir

 

O furacão Maria foi classificado na categoria 2, numa escala de 5, tendo as autoridades colocado a Martinica e a Guadalupe em alerta vermelho.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.