Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 19/11 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 17/11 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/11 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 19/11 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 17/11 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/11 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/11 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 17/11 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/11 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/11 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 17/11 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/11 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/11 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Supermercado, declínio modelo francês, Amazon e Sindicatos

Supermercado, declínio modelo francês, Amazon e Sindicatos
 
Primeiras páginas dos jornais franceses de 17 de outubro de 2017 RFI

As primeiras páginas dos jornais franceses apresentam-se diversificadas, quer a nível nacional quer a nível internacional.

Hipermercados, declínio do modelo francês, titula LE MONDE. Numa altura em que estabelecimentos comerciais como Casino ou Carrefour anunciam os seus relatórios de  contas, o modelo francês dos grandes supermercados está em declínio.

Nascidos nos anos 60, adorados pelos consumidores, os super ou hipermercados conhecem uma estagnação das suas vendas há 3 anos. A concorrência da venda on-line, a quebra do poder de compra das famílias, uma inflação desses estabelecimentos fragilizam o sector.

Aliás, estas marcas procuram relançar o sector para reduzir o tamanho gigantesco destes supermercados e torná-los mais atractivos. Nos Estados Unidos, centenas destes símbolos da sociedade americana de consumo, vão fechar as portas, sublinha LE MONDE.

Por seu lado, L'HUMANITÉ, titula sobre os métodos perversos do Amazon para amordaçar sindicatos. A caça contra sindicatos começou nos armazéns do gigante americano do comércio on-line, em França. Há um ingerência duvidosa do Amazon na actividade sindical, confiscando computadores de sindicalistas ou contestando o direito de sindicalistas de escolher seus delegados, nota L'HUMANITÉ.

LE FIGARO, titula sobre o oraçamento 2018, acto II da transformação Macron. Após os decretos sobre o Código do trabalho, o chefe de Estado, entende mostrar a sua vontade de reformar o país com o projecto de lei de finanças que sobe hoje à Assembleia nacional. O debate será dominado pela polémica sobre a supressão do imposto sobre a fortuna que a esquerda utilizou para denunciar um "presidente dos ricos", nota LE FIGARO.

LIBÉRATION, titulou Porcos grelhados, a propósito de violações, assédios e agressões sexuais, no seguimento do escandâlo Weinstein, um dos piores violadores de Hollywood, nos Estados Unidos. Depois do antigo ministro francês, Strauss Kahn, aconteceu agora o escândalo Weinstein, mas LIBÉRATION, nota que este fenómeno atinge todos os sectores da vida pública em França.

Mudando deste assunto, no internacional, nomeadamente, a África,LA CROIX, titula, 10 dias percorrendo a Coreia do Norte. O enviado especial deste jornal pôde observar a vida quotidiana dos norte-coreanos.

Os efeitos das múltiplas sanções económicas ainda estão longe de ter repercussões na população, decidida a enfrentar o desafio da América de Trump.

"Nós sobreviveremos, porque não temos necessidade de manteiga ou queijo como os franceses; contentamo-nos com o arroz e o milho", um discurso corriqueiro entre os norte-coreanos, escreve LA CROIX.

Em relação à África, LE MONDE, destaca, Libéria, o magro balanço da presidente Johnson Sirleaf.

12 anos após ter suscitado esperança entre os liberianos, a primeira mulher eleita presidente num Estado africano, deixa o poder a 7 de novembro, durante a segunda volta das eleições presidenciais, opondo o seu vice-preidente, Joseph Boakai ao antigo internacional de futebol, George Weah, acrescenta LE MONDE.

 


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    "Macron adoça tom, mas mantém-se defensivo"

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    A Queda de Harvey Weinstein

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Kim Jong-un, uma bomba relógio

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.