Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/01 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/01 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/01 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/01 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/01 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/01 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/01 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/01 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/01 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Paulo Rocha em retrospectiva na Cinemateca Francesa

Paulo Rocha em retrospectiva na Cinemateca Francesa
 
Imagem do filme "Os Verdes Anos" ( (1963), de Paulo Rocha. Filme "Os Verdes Anos"

A obra do realizador português Paulo Rocha está a ser alvo de uma retrospectiva na Cinemateca Francesa. José Manuel Costa, director da Cinemateca Portuguesa, deslocou-se a Paris para apresentar o primeiro filme da mostra, “Verdes Anos” e falou à RFI sobre “um dos realizadores mais importantes do cinema português”.

O ciclo começou, esta quarta-feira, com “Verdes Anos” (1963), o primeiro filme do cineasta, emblemático do Cinema Novo português, e vai também incluir, por exemplo, “Mudar de vida” (1966), “A ilha dos amores” (1982), “O desejado” (1987), “A raiz do coração” (2000) e “Se fosse ladrão… roubava”, o derradeiro filme que o realizador deixou pronto quando morreu, em Dezembro de 2012, aos 77 anos.

A retrospectiva vai terminar a 1 de Fevereiro com várias curtas-metragens e foi organizada em parceria com a Cinemateca Portuguesa, à qual Paulo Rocha deixou, em testamento, toda a obra e património cinematográfico.

 


Sobre o mesmo assunto

  • Portugal

    Português Diogo Costa Amarante no Júri de cinema de Berlim

    Saber mais

  • Cinema

    "Menina": “Este filme é como um fado”

    Saber mais

  • MACAU

    Cinema lusófono em cartaz no Festival de Macau

    Saber mais

  • Portugal

    Cinemateca Francesa com curtas portuguesas

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.