Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Sindicatos em marcha contra Macron

Sindicatos em marcha contra Macron
 
Primeiras páginas dos jornais de quinta-feira, 22 de Março de 2018 RFI

"Novo teste social para Macron" é a manchete do popular aujourd'hui en France. Em editorial, Stéphane Albouy, usa termos do teatro para descrever este movimento social;"os sindicatos em marcha contra Macron: segundo acto, primeira cena". Os actores são os mesmos, ou quase os mesmos, e tudo recomeça. À esquerda os sindicatos, nomeadamente a SNCF, que prometem um bloqueio inédito. À direita um governo aparentemente sereno que garante aplicar as reformas previstas.

"Sarkozy e o espectro de um caso de Estado": o antigo Presidente foi formalmente acusado, na quarta-feira 21 de Março, por corrupção passiva, financiamento ilegal de campanha eleitoral e participação em desvio de fundos líbios.

E num dia de greve descrita pelo esquerdista libération como "a primeira pedra de calçada na amargura" assinalam-se também os cinquenta anos "da primeira chama 68".

Serge July, o co-fundador do libération e participante do movimento de 22 de Março de 1968 na universidade de Nanterre, lembra as premissas de uma revolta improvisada, que se ampliou para explodir em Maio : "A rua fazia o que bem que apetecia" um artigo com um título alusivo a uma canção do musico francês Jacques Dutronc "Mai 68: émoi, émois et moi".


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    “Sarkozy apanhado por Kadhafi”

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Reforma de zona euro é uma necessidade

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Rússia: vitória de Vladimir Putin na presidencial e divergências na oposição

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    "Guerra Fria" entre a Rússia e os Ocidentais

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.