Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 25/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 25/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 25/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 25/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 25/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

Paris Saint-Germain conquistou SuperTaça francesa

media O avançado argentino do PSG, Ángel Di María, marcou o primeiro golo do encontro frente ao Mónaco do internacional guineense, Pelé, atrás do argentino nesta acção durante a SuperTaça francesa que decorreu a 4 de Agosto de 2018. REUTERS/Bobby Yip

O Paris Saint-Germain derrotou o Mónaco por 4-0 e conquistou o primeiro troféu da temporada 2018/2019. Os parisienses acabaram por vencer a SuperTaça francesa, que decorreu no Estádio Shenzhen, na China.

Pela sexta vez consecutiva, o Paris Saint-Germain, detentor do título de Campeão de França e vencedor da Taça, conquistou a SuperTaça, Troféu dos Campeões como é designado pelos franceses.

Dentro das quatro linhas, as equipas não tinham os habituais titulares.

Do lado do Paris Saint-Germain, havia várias ausências. Os franceses, e Campeões do Mundo, Kylian Mbappé, Presnel Kimpembe e Alphonse Areola, que ainda estão de férias, e o belga Thomas Meunier, que terminou no terceiro lugar com a Bélgica durante o Mundial.

Quanto à estrela brasileira, Neymar, chegou apenas na quinta-feira à cidade chinesa e acabou por sentar-se no banco de suplentes, ele que entrou na segunda parte do encontro.

Do lado dos monegascos, não havia tantas ausências, mesmo assim o onze inicial do Mónaco não contava com o Campeão do Mundo, Djibril Sidibé, o vice-campeão do mundo croata, Danijel Subašić, e o avançado colombiano Falcao que está lesionado. No entanto de notar que o Mónaco do treinador português Leonardo Jardim contou no onze titular com o avançado português Rony Lopes e o médio guineense Pelé.

Paris Saint-Germain sem qualquer dúvida

O jogo, que prometia ser equilibrado visto que cada uma das equipas tinha vários jogadores ausentes, acabou por ser o habitual com um Paris Saint-Germain avassalador.

Os primeiros minutos até foram equilibrados com oportunidades de golo dos dois lados. No entanto os parisienses acabaram por ser mais realistas, e abriram o marcador aos 33 minutos num livre directo do avançado argentino Ángel Di María.

Quando se esperava por uma resposta monegasca, o PSG voltou a marcar numa acção que começou nos pés do médio italiano Marco Verratti, prosseguiu com o lateral esquerdo francês Stanley N'Soki, e concluída, após o cruzamento de N’Soki, pelo médio francês Christopher Nkunku aos 40 minutos.

A primeira parte terminou com esse resultado favorável aos parisienses.

A segunda parte foi sensivelmente a mesma que a primeira. Os parisienses dominaram sem forçar, estando a vencer por 2-0, e os monegascos não tendo argumentos para contrariar essa superioridade.

O Paris Saint-Germain vai até aumentar o resultado, acrescentando mais dois golos. Timothy Weah, avançado norte-americano e filho do Presidente da Libéria, George Weah, marcou o terceiro tento aos 68 minutos, antes do avançado argentino Ángel Di María bisar neste encontro aos 92 minutos de jogo.

O PSG, Campeão 2017/2018 e vencedor da Taça, arrecadou pela sexta vez consecutiva o troféu, vencendo por 4-0, enquanto o Mónaco, vice-campeão de França, já não conquista esse título desde 2000.

Ouça a Crónica sobre a Vitória do PSG.

Crónica de Marco Martins sobre o Triunfo do PSG 04/08/2018 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.