Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Presidente Macron decidido a continuar com as reformas

Presidente Macron decidido a continuar com as reformas
 
Primeiras páginas dos jornais franceses de 22 de agosto de 2018 RFI

As primeiras páginas dos jornais franceses estão dominadas  por assuntos de política interna, exceptuando LE MONDE que  destaca os problemas que dois ex-conselheiros de Donald Trump estão a ter com a justiça americana. 

LE MONDE, titula, Donald Trump destabilizado por dificuldades judiciárias de dois ex-colobaradores do seu círculo mais próximo. As declarações à justiça do seu ex-advogado e a condenação do seu antigo director de campanha  fragilizam o presidente americano. O advogado Michael Cohen admitiu ontem ter “comprado” o silêncio de duas mulheres que declararam ter tido relações sexuais com Trump.

Segundo Cohen, os pagamentos durante a campanha foram feitos por odens de Trump e com a intençao de influenciar as eleições de 2016. A condenação, por fraudes, de Paul Manafort ex-director de campanha de Trump, aconteceu no mesmo dia.

Uma condenação ainda parcial de Manafort por um júri popular, que vem dar credibilidade a investigações do procurador especial, Robert Mueller que deitaram abaixo manipulações do antigo lobbysta, nota LE MONDE. O mesmo vespertino acrescenta que um dos actuais advogados de Trump, Rudy Giuliani replicou num comunicado que não há nenhuma alegação de actos  repreensíveis contra o presidente nas acusações contra Michael Cohen.

Ainda no internacional, LE FIGARO, dá relevo à Venezuela e os venezuelanos que fogem em massa ao regime de Maduro. 3 milhões de venezuelanos fugiram do seu país desde a chegada ao poder de Hugo Chavez em 1999. Este êxodo tem consequências cada vez mais importantes na América latina.

O Brasil, Peru, Equador, Colômbia ou Chile são afectados face à crise da chegada de nicaraguenses e venezuelanos. O Brasil está a ter sérias dificuldades em gerir milhares de venezuelanos que fogem o caos na Venezuela, nota LEFIGARO.

A nível de política francesa, Macron, confrontado com os desafios de ano político pós-férias dificil, é o principal título do jornal LE FIGARO. Depois dum Verão marcado pelo escândalo Benalla, teve lugar hoje o primeiro conselho de ministros pós-férias.

O chefe de Estado quer marcar a sua intenção em manter o ritmo das reformas, o que chama a transformação do país. Seguro de desemprego, pensões de reforma, plano pobreza, défices públicos ou instituições, sublinha LE FIGARO.

Por seu lado, L’HUMANITE, titula, Frutos e legumes de qualidade, são um luxo para as camadas populares. E são os mais modestos as primeiras vítimas de diabetes e obesidade e frequentadores dos restaurantes da sopa dos pobres.

A luta de classes tem igualmente lugar no prato dos franceses. Para colmatar estas dificuldades L’HUMANITE, organiza com o partido comunista vendas solidárias com as camadas populares a um preço mais acessível a frutos e legumes tidos como produtos de luxo para o povo.

Férias ecológicas entre o sonho e a realidade, replica em titulo LA CROIX. Mas na prática a oferta e a procura de turismo responsável em França nem sempre se passa como os francenses sonharam, porque são privilegiados públicos que defendem valores ecológicos que praticam já no dia a dia, sublinha, LA CROIX.

Também LIBÉRATION, titula sobre o turismo mas médico. Próteses de ancas na Tailândia, implantes capilares na Turquia ou cirurgia estética na Roménia, os cuidados de saúde tornaram-se um negócio globalizado. Os franceses procuram esses países, porque os preços são mais acessíveis  e os prazos de consulta são mais reduzidos, acrescenta LIBÉRATION.

Enfim sobre a África, LE FIGARO, dá relevo à Etiópia em plena revolução política. Chegado ao poder em abril, o novo primeiro ministro, Abiy Ahmed sacode, sem diplomacia, o mundo político.

Liberaliza os meios de comunicação social. Liberta centenas de prisioneiros, retira da lista de movimentos terroristas 3 organizações da etnia dos oromos e aproxima-se do irmão inimigo eritreu.

Em 3 semanas são retomadas as relações diplomáticas e as linhas aéreas e telefónicas com a Eritreia que estavam cortadas há 20 anos, acrescenta LE FIGARO.


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    Emmanuel Macron não mudará de estratégia

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Repercussões da condenação de Monsanto

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    "Demónios africanos instalam-se para não sair"

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.