Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 26/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 26/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 26/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 26/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Argélia, Islão radical no Senegal e França de negociatas

Argélia, Islão radical no Senegal e França de negociatas
 
Capas de semanários sobre actualidade africana e mundial de 08/10/2018 RFI

Abrimos esta Imprensa Semanal, com Argélia, o baile de bobos, capa da JEUNE AFRIQUE, sobre apelos a um 5° mandato ao presidente, Abdelaziz Bouteflika.

Para lá do círculo familiar de Bouteflika e dos seus apoios tradicionais no seio do exército e da FLN, cerca de 15 micropartidos apelam o presidente argelino a apresentar-se a um quinto mandato.

A mesma publicação, refere-se ainda a Bemba ao sol em Portugal. De regresso a Kinshasa, Jean-Pierre Bemba, nao ficou muito tempo porque a 5 de agosto partiu para Bruxelas para se encontrar com os seus delegados do Movimento de libertação do Congo, na Bélgica, em França e na Holanda.

Uma semana depois estava na sua mansão da Quinta do Lago, no Algarve, no sul de Portugal, onde descansa com a família. Segundo uma fonte próxima de Bemba, apesar dele estar desiludido com a decisão da Comissão eleitoral que invalidou a sua candidatura às presidenciais, espera com impaciência pelo dia 19, quando o Tribunal constitucional se pronunciará, definitivamente, sobre o seu recurso.

Nessa altura, Bemba tomará uma decisão se realiza um grande encontro com os outros líderes da oposição, nota, JEUNE AFRIQUE.

Por seu lado, COURRIER INTERNATIONAL, refere-se ao Senegal, onde o Islão radical corre desenfreadamente atrás de fiéis. O papel moderador do sufismo permitiu que o Senegal fosse poupado à ameaça islamita que destabiliza os seus vizinhos.

Mas a rivalidade entre o Irão e a  Arábia saudita põe em causa esta excepção. Não contentes com os seus confrontos na própria região, Riad e Teerão, exportam a sua luta para a África ocidental, nota COURRIER INTERNATIONAL, citando a revista Asia by Africa.

LA LETTRE DU CONTINENT, destaca Gabão, onde Ali Bongo  envolvido até ao pescoço numa crise económica e social sem precedentes, o presidente gabonês prepara várias investidas após as eleições legislativas, para retomar o controlo da vida política no país.

Muito esperado pelo poder em Libreville, o escrutínio organizado entre 6 e 27 de outubro deve permitir a Ali Bongo baralhar as cartas e marginalizar definitivamente os seus principais adversários, entre eles, o irredutível, Jean Ping.

A nível internacional, COURRIER INTERNATIONAL, analisa a inelegibilidade de Lula, às presidenciais no Brasil. A decisão do tribunal superior eleitoral rejeitando a candidatura de Lula era previsível, mas o ex-presidente não baixa os braços e recorreu para a ONU. Mas a decisão do Tribunal eleitoral, não teve em conta um comunicado anterior do comité dos direitos humanos da ONU, preconizando que as instituições brasileiras deviam respeitar o direito de Lula apresentar a sua candidatura. 

Por cá, em França, L'OBS, faz a sua capa, com os Dubai Papers, que revelam o uso corriqueiro de pseudónimos cobrindo pessoas chave na rede do emirado. Sébastien Montessus, que teve uma carreira fulgurante em Areva, é Senhor Tulip.

Este barão obscuro de Areva, empresa de energias nuclear e renovável, segundo L'OBS, construiu uma fortuna considerável e multiplicou operações opacas no estrangeiro. O seu nome aparece numa rede internacional de fraude fiscal e de lavagem de capitais com epicêntro nos Emirados árabes Unidos.

Como outros pseudónimos Queen Elizabeth, para Geraldine Whittaker ou Jacques Delouis, para Florian Guais, Sébastien Montessus, que deixou Areva, mas continua a ser PCA de La Mancha, são acusados de abuso de confiança ou confiança activa de dinheiro público estrangeiro, nota, L'OBS.

Enfim, LE POINT, faz uma edição dupla, com Vinhos, 124 grandes garrafas a menos de 10 euros, feiras de vinhos, como resistir à nova proíbição. Beaujolais um dos grandes vinhos franceses viu chegar uma nova geração rica e talentosa. Marketing não é tudo, porque um bom vinho implica emoção e intimidade entre aquele que bebe e o que imagina por trás do copo, como vinhas, agricultor e produtor, sublinha LE POINT. 


Sobre o mesmo assunto

  • Imprensa Semanal

    Do Poder de Macron, África ou Angola nepotista de Lourenço

    Saber mais

  • Imprensa Semanal

    Mali, Moçambique, Migrantes e Letras lusófonas

    Saber mais

  • Imprensa Semanal

    China, África e o Ocidente

    Saber mais

  • Franco CFA: Que Futuro?

    Franco CFA: Que Futuro?

    O que é que deve mudar na moeda CFA titula esta semana a Jeune Afrique. Se uns desejam abolir a moeda que apresentam como um símbolo anacrónico da colonização, outros …

  • Angola, Moçambique, Costa do Marfim e França

    Angola, Moçambique, Costa do Marfim e França

    Abrimos esta Imprensa Semanal com Angola nas páginas de LA LETTRE DU CONTINENT e a estratégia naval do presidente angolano.

  • RDC: Katumbi opositor exigente

    RDC: Katumbi opositor exigente

    Moïse Katumbi regressou à RDC e promete ser um opositor construtivo, o banco BNP Paribas retira de vários países africanos, Trump, Netanyahu e o Médio-Oriente, a contra-espionagem …

  • Angola, França e União Europeia pós-eleições europeias

    Angola, França e União Europeia pós-eleições europeias

    Abrimos esta Imprensa Semanal, com a JEUNE AFRIQUE, que traz uma entrevista exclusiva com Manuel Domingos Augusto, ministro dos negócios estrangeiros de Angola.

  • Banco Mundial,Europa e os 40 anos de Kassav

    Banco Mundial,Europa e os 40 anos de Kassav

    O Banco Mundial e a África, o jiadismo na África Ocidental, o general Salah, guardião do poder do ex-Presidente Bouteflika na Argélia,na RDC o Presidente Tshisekedi frente …

  • Eleições europeias destabilizadas pelo populismo ?

    Eleições europeias destabilizadas pelo populismo ?

    Abrimos esta Imprensa Semanal, com a JEUNE AFRIQUE, que faz a sua capa com a Tunísia e sua capital, Tunes ninho de espiões.

  • Eleições europeias: programas adaptados aos eleitores

    Eleições europeias: programas adaptados aos eleitores

    As eleições europeias e as propostas dos candidatos franceses, a emergência das cores nas séries televisivas francesas, os novos dirigentes políticos são amadores de …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.