Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/01 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/01 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/01 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/01 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/01 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/01 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/01 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/01 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/01 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/01 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Argélia : França faz mea culpa

Argélia : França faz mea culpa
 
Presidente Emmanuel Macron com Michèle Audin, filha de Maurice Audin, 13 de Setembro de 2018 Thomas SAMSON / AFP

O Presidente francês admitiu esta quinta-feira a responsabilidade do Estado francês na morte do matemático comunista Maurice Audin.

Emmanuel Macron confirmou o uso de tortura na guerra da Argélia (1954-1962) e disse dar acesso a documentos históricos sobre outras vítimas das Forças Armadas francesas.

A 11 de Junho de 1957, Maurice Audin desapareceu sem deixar rastos. A família lutou nos últimos 61 anos para estabelecer a verdade sobre a história do activista comunista, como explica o filho Pierre Audin.

Durante a guerra da Argélia o activista comunista, que lutou pela independência da antiga colónia francesa, desaparece. O facto de a França reconhecer hoje responsabilidade do Estado é um momento histórico, aponta o presidente da associação Maurice Audin, Pierre Mansat.

Este tema da tortura na Argélia já foi tratada por investigadores, afirma Victor Pereira, historiador português e professor da Universidade de Pau.

O Presidente Emmanuel Macron visitou esta manhã a viúva do matemático Josette Audin, nos arredores de Paris. No encontro pediu "desculpas à família e disse restaurar um pouco do que já deveria ter sido feito".


Sobre o mesmo assunto

  • França/Argélia

    Macron desloca-se "como amigo" à Argélia

    Saber mais

  • França

    Presidente francês apresenta plano contra a pobreza

    Saber mais

  • Imprensa Semanal

    Argélia, Islão radical no Senegal e França de negociatas

    Saber mais

  • Imprensa Semanal

    Argélia, Inteligência artificial, Neurociências, crise na Alemanha...

    Saber mais

  • Imprensa Semanal

    Argélia em oposição, França e Alemanha em conexão

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.