Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 24/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 24/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 24/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 24/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 24/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

PM francês reunirá em Paris políticos de Nova Caledónia

media Primeiro-ministro francês, Edouard Philippe, rodeado da ministra do Ultramar, Annick Girardin, e do alto comissário da República em Numeia,Thierry Lataste Theo Rouby / AFP

O Primeiro ministro francês, de visita a Nova Caledónia, declarou, hoje, em Numeia, querer reunir em dezembro, em Paris, todas as forças políticas caledónias para tirar conclusões do referendo que no domingo decidiu manter o território do Pacífico no seio da França.

Édouard Philippe, primeiro-ministro da França, reúne, em dezembro, em Paris, todas as forças políticas da Nova Caledónia para tirar "as conclusões do referendo de domingo naquele território do Pacífico.

Os caledónios escolheram permanecer no seio da França, votando a favor da soberania francesa, por 56,9% no referendo de domingo.

O Primeiro-ministro francês, fez as declarações em Numeia, capital da Nova Caledónia, onde se encontra de visita, para felicitar a escolha dos caledónios e a sua participação no referendo que atingiu os 80%.

Édouard Philippe, felicitou, ainda, o verdadeiro "sucesso democrático e popular" do referendo.

Para lá destas questões institucionais, o primeiro-ministro francês, insistiu nos "desafios económicos e sociais do território, muitas vezes relegado para um segundo plano, quando os acordo de Matignon e de Numeia, de 1988 e 1998, tinham, como ambição, reequilibrar a distribuição da riqueza. 

É nesse espírito, que Édouard Philippe, organiza o encontro de dezembro em Paris, com todas as forças políticas caledónias, mesmo os independentistas, que perderam o referendo, para ter uma radiografia das necessidades e potencialidades de Nova Caledónia.

No entanto, apesar, dos independentistas terem perdido, deslocaram-se em massa às urnas e já falam em organizar mais um referendo de independência, decisão tomada antes da proposta do primeiro-ministro francês do encontro de dezembro, em Paris. 

A ver vamos!

Primeiro ministro francês reunirá em Paris forças políticas da Nova Caledónia 05/11/2018 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.