Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

"Joe le taxi" afinal era ela

media Maria José Leão dos Santos deve ser sepultada na Lardosa em Portugal no próximo fim de semana. Facebook Junta de Freguesia de Lardosa (Portugal)

Vai a sepultar este fim de semana em Portugal Maria José Leão dos Santos, a motorista de táxi parisiense que insipirou um dos maiores sucessos da música francesa "Joe le taxi", composto por Etienne Roda Gil e que celebrizou Vanessa Paradis aos 14 anos .

Maria José faleceu no domingo de cancro com 64 anos .

Chegou a França nos anos 70 proveniente de Portugal e começou a conduzir táxis, nomeadamente à noite uma altura em que eram ainda muito poucas as mulheres a fazê-lo.

Sempre de chapéu na cabeça, com ar de maria rapaz ela estava também muito ligada ao mundo das discotecas de homossexuais.

Quando contou a sua vida a Etienne Roda Gil ele ter-lhe-ia perguntado se não se importava que fizesse uma música sobre o tema.

Quem relata o caso ao diário Le Parisien é a namorada da portuguesa agora falecida: esta explica que na altura não teria sido, por isso credível, cantar sobre uma motorista.

Daí o Joe ser um homem, mas o seu universo da noite ou o consumo de álcool foram, ainda assim, abordados na música.

Maria José teria transportado no seu Opel Ascona branco celebridades como Julia Roberts, Dalida ou Nicoletta.

Ela previa este ano ir pela primeira vez a um concerto de Vanessa Paradis, celebrizada no mundo inteiro precisamente através desta canção, mas a sua morte acabou por impedir que tal se concretizasse.

Uma cerimónia religiosa teve lugar hoje numa igreja de Pantin, perto de Paris, ela será sepultada este fim de semana em Lardosa, no Centro-leste de Portugal, perto de Castelo Branco.

A história da taxista portuguesa em Paris que inspirou um dos maiores sucessos da música francesa 07/03/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.