Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

França pioneira na UE na fiscalização dos GAFAM

França pioneira na UE na fiscalização dos GAFAM
 
França quer fisclizar os GAFAM - Google, Amazon, Facebook, Apple e Microsoft AFP/Lionel Bonaventure

O parlamento francês aprovou esta segunda-feira (8/04) em primeira leitura a aplicação de uma taxa de 3% de impostos sobre as receitas - e não os lucros - das empresas digitais designadas pelas iniciais GAFAM - Google, Apple, Facebook, Amazon e Microsoft - e de outras plataformas digitais com um volume de negócios de 750 milhões de euros a nível mundial e de mais de 25 milhões de euros em França.

Uma primeira etapa, que deverá ainda ser aprovada pelo Senado, e que a sê-lo farà com que a França recupere já este ano mais de 400 milhões de euros e seja um país pioneiro na Europa neste sentido, como admite o economista francês Pascal de Lima.

A União Europeia suspendeu a 12 de Março este mesmo projecto por falta de unanimidade, dado que quatro países votaram contra: Irlanda, Suécia, Dinamarca e Finlândia - provavelmente presssionados e temendo represálias dos Estados Unidos, casa mãe das GAFAM e de outras plataformas digitais - e o projecto foi remetido à OCDE que até 2020 deverá decidir, momento em que a França adaptará esta taxa inicialde 3%.

O intuito é fazer face à concorrência dos Estados Unidos, mas também da China e do Japão, sobre o volume de negócios gerado pelos gigantes digitais norte-americanos em cada país e não sobre os benefícios nas suas filiais instaladas em países com baixa fiscalização.

Este imposto anunciado em Dezembro pelo Presidente Emmanuel Macron, em plena crise dos "coletes amarelos" para contribuir ao financiamento dos 10 mil milhões de euros, destinados a financiar medidas de urgência económicas e sociais é considerado pelos Estados Unidos "extremamente discriminatório", sendo que este país é o maior investidor directo estrangeiro em França.

A indústria digital pesa actualmente tanto quanto como as do petróleo e das finanças e as GAFAM são tão poderosas que podem resistir aos poderes políticos e serão cada vez mais independentes dos Estados, inclusivé nos Estados Unidos, podendo cada vez mais facilmente impor as suas condições através da concorrência entre si e cada vez menos regras poderão contrariar os seus projectos.


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    GAFAM não são detentores de todos os direitos

    Saber mais

  • Economias

    Criptomoedas, economia digital e novas tecnologias

    Saber mais

  • Cabo Verde

    1ª Cimeira sobre Inovação em África chegou ao fim em Cabo Verde

    Saber mais

  • Ciência

    3ª edição do Web Summit em Lisboa

    Saber mais

  • Paris Plages volta a animar verão parisiense

    Paris Plages volta a animar verão parisiense

    Começou no sábado passado (6) e prolonga-se até ao início de Setembro, a 18° edição do Paris Plages, um conceito iniciado na capital francesa em 2002, com o objectivo …

  • França deixa de reembolsar homeopatia

    França deixa de reembolsar homeopatia

    Em França, a comissão para a alta autoridade da saúde decidiu por termo ao reembolso da homeopatia pela segurança social, por não ter sido provado a sua eficácia.Todavia, …

  • A moda de Susana Bettencourt distinguida em Paris

    A moda de Susana Bettencourt distinguida em Paris

    A designer de moda Susana Bettencourt ficou, esta quarta-feira, em segundo lugar nos prémios E-Fashion Awards, em Paris, um evento criado por uma rede de escolas francesas …

  • Designer português Hugo Costa novamente em Paris

    Designer português Hugo Costa novamente em Paris

    Tem estado a decorrer nestes dias a Semana da Moda Masculina aqui em Paris. Neste âmbito, Portugal marcou presença com um dos seus designers, Hugo Costa, que foi inserido …

  • Chumbo de Notre-Dame assusta Paris

    Chumbo de Notre-Dame assusta Paris

    Este sábado, vai ser celebrada a primeira missa na Catedral de Notre-Dame, em Paris, dois meses depois do incêndio que destruiu a estrutura superior do monumento. O fogo …

  • Blu Samu: Hip-hop ‘made in Bruxelas’ com raízes lusas

    Blu Samu: Hip-hop ‘made in Bruxelas’ com raízes lusas

    Blu Samu é uma das revelações do novo hip-hop belga e tem conquistado os palcos europeus depois de milhares de visualizações no Youtube. A cantora luso-belga, de 24 anos, …

  • Qual o espaço da arquitectura angolana?

    Qual o espaço da arquitectura angolana?

    A delegação francesa da Fundação Calouste Gulbenkian recebeu esta semana a conferência "Utopias arquitecturais e ruínas políticas em Luanda - 1948-2018".A investigadora …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.