Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
Argélia venceu CAN 2019

Modelos negros representados no Museu d'Orsay

Modelos negros representados no Museu d'Orsay
 
Artista plástico guineense, na exposição "O modelo negro de Géricault a Matisse" no museu d'Orsay RFI

"O modelo negro de Géricault a Matisse" cruza história da arte e história das ideias, questiona problemáticas estéticas, mas também políticas, sociais e raciais.

O Museu d'Ordsay apresenta pela primeira vez modelos negros. Na altura talvez escravos e sob castigo, os nomes desconhecem-se, mas os olhares cruzaram-se com os autores das obras e hoje estes protagonistas cruzam os nossos olhares.

Para o artista guineense Nu Barreto este é "um retrato da escravatura, mas há também uma parte sobre a ocupação. Não vemos apenas retratado o colonialismo físico como também intelectual".

A historiadora de arte Anne Laffont afirmou que "até hoje não vimos estes modelos na arte porque não os queríamos ver, porque lembram, pela presença, o tabu da escravatura e a sua violência insuportável de assumir".

O museu d'Orsay "põe em evidência uma problemática que afecta a sociedade. A exposição está a ter sucesso, o museu está cheio e é isto que é preciso; trazer mais pessoas e criar uma transformação", descreve Nu Barreto.

Centrada na questão do modelo, a exposição "O modelo negro de géricault à matisse" recria o diálogo entre o artista que pinta, esculpe, grava ou fotografa e o modelo que posa. É sobretudo uma exposição que pede uma reflexão sobre direitos humanos destaca o artista plástico.

Nestes quadros vê-se que "há uma forma de tratar o modelo negro que é, obviamente, diferente de um modelo europeu ou branco. É tratado com muito sofrimento e revolta. Na postura, o artista retratou a decadência dos modelos, muito provavelmente as pessoas viviam nessas condições. Foi o que mais me chocou", lembra o artista plástico.

"Na altura, era necessário retratar a realidade porque hoje não falaríamos dela. Há obras que foram escondidas durante séculos e hoje estão aqui. Isso é uma vitória porque as coisas devem ser ditas e faladas", defende Nu Barreto.

Uma exposição que explora a forma de representação de negros nas obras maiores de Théodore Géricault, Charles Cordier, Jean-Baptiste Carpeaux, Edouard Manet, Paul Cézanne ou ainda Henri Matisse.

 


Sobre o mesmo assunto

  • Artes

    Os imaginários de Binelde Hyrcan projectados em Paris

    Saber mais

  • Exposição "Tabucchi e Portugal" chega a Paris

    Saber mais

  • Convidado

    Nú Barreto expõe "vandalismo colorido"

    Saber mais

  • Convidado

    Feira de Paris AKAA: "falta cultura da cultura em Angola"

    Saber mais

  •  Kakana: a nova música moçambicana

    Kakana: a nova música moçambicana

    Nesta edição de Artes vamos falar com dois elementos da banda Kakana de Moçambique, que esteve recentemente em Paris. Com Yolanda, cantora e Jimmy, guitarrista e compositor …

  • Portugal de novo distinguido pela UNESCO

    Portugal de novo distinguido pela UNESCO

    O Palácio Nacional de Mafra e o Santuário do Bom Jesus, em Braga, foram classificados, no domingo, Património Cultural Mundial da Humanidade. O Embaixador de Portugal …

  • Kimi Djabaté: o guineense que seduziu Madonna

    Kimi Djabaté: o guineense que seduziu Madonna

    O cantor guineense Kimi Djbaté participa no novo álbum de Madonna: Madame X. Em entrevista à RFI, o músico guineense fala de “Bella Ciao” o tema que gravou com a estrela …

  • Pongo, a “diva do kuduro” em Paris

    Pongo, a “diva do kuduro” em Paris

    Ficou conhecida como a voz dos Buraka Som Sistema quando tinha 15 anos. Hoje tem 27 e um primeiro trabalho a solo que foi apresentado no Palácio do Eliseu, em Paris. …

  • Moda masculina portuguesa em Paris

    Moda masculina portuguesa em Paris

    Decorre neste momento em Paris a Semana da moda masculina.Neste âmbito um espaço efémero de três dias, um showcase Moda Portugal, reúne criações de 30 marcas lusas de …

  • A homenagem de Paris a Teresa Villaverde

    A homenagem de Paris a Teresa Villaverde

    O Centro Pompidou, em Paris, propõe uma retrospetiva inédita da obra da realizadora portuguesa Teresa Villaverde. Até 1 de Julho, os espectadores vão poder assistir a …

  • “Fátima”: O conflito entre a fé e a natureza humana

    “Fátima”: O conflito entre a fé e a natureza humana

    O filme "Fátima", do realizador português João Canijo, estreia-se esta quarta-feira em França. Entre documentário e ficção, 11 mulheres partem de Vinhais, em Trás-os-Montes, …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.