Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
França

"Liberté", filme rodado em Portugal, nos ecrãs de Cannes

media Liberté do catalão Albert Serra, filmado em Portugal, foi exibido no Festival de cinema de Cannes. Festival de Cannes

"Liberté", longa metragem do catalão Albert Serra, foi exibido em Cannes no âmbito da mostra "Un certain regard". Um filme integralmente rodado no Alentejo, sul de Portugal, e que contou com a co-produção da Rosa Filmes. Em causa práticas libertinas no século XVIII na Europa, reprimidas pela França de Luís XVI.

O filme, de mais de duas horas, passa por muitos encontros nocturnos clandestinos para práticas sexuais libertinas, num bosque de eucaliptos.

Sado-masoquismo, zoofilia, práticas bissexuais sem qualquer pudor envolvem uma série de libertinos franceses expulsos por Luís XVI acolhidos por um nobre do que é hoje a Alemanha.

Uma filosofia do espírito das "Luzes" recusando qualquer moral e a autoridade.

Foram vários os actores portugueses a integrar o elenco internacional numa intriga falada essencialmente em francês, com alguns excertos em alemão e italiano. Mais pormenores aqui.

Crónica do Festival de Cannes de Miguel Martins 20/05/2019 ouvir

Após "A morte de Luís XIV", que tivera exibição em Cannes em 2016, o catalão Albert Serra continua a lançar projectos cinematográficos implicando Portugal e a produtora Rosa Fimes de Joaquim Sapinho.

A obra não esconde nada do despudor das práticas libertinas, numa busca incessante pelo prazer, um desafio porventura para certos espectadores.

Joaquim Sapinho, realizador português, mas também produtor da Rosa Filmes, esteve directamente implicado no projecto que comentou à reportagem da rfi em Cannes.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.