Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Urgente
365 migrantes do barco Ocean Viking vão poder desembarcar em Malta

A revolta dos trabalhadores das urgências em França

A revolta dos trabalhadores das urgências em França
 
Manifestação dos profissionais dos serviços de urgência. Paris, 6 de Junho de 2019. Aurore MESENGE / AFP

Os protestos e as greves duram há praticamente três meses nos serviços de urgência em França. Em causa, a falta de efectivos, de materiais e de reconhecimento. Face ao aumento do número de pacientes, crescem as filas de espera nas urgências e multiplicam-se as agressões verbais e físicas a médicos e enfermeiros sobrecarregados e exaustos.

Esta terça-feira, foi mais um dia de greves e de manifestação diante do ministério francês da Saúde. Os profissionais dos serviços de urgência denunciam a falta de efectivos e de materiais, espaços exíguos, contratos precários e sobrecarga de trabalho face ao aumento constante do número de pacientes.

Até que ponto o sector está doente? As respostas com Maria João Pereira, enfermeira no serviço de urgências do hospital Henri-Mondor, em Créteil, nos arredores de Paris. Para ouvir no programa CONVIDADA de hoje.

Ninguém, aqui, tem como objectivo pôr em perigo a saúde de ninguém. A questão é que passadas muitas horas de stress no trabalho – sem ter condições, às vezes, para atender correctamente as pessoas – eu tenho colegas médicos, colegas enfermeiros, que às vezes saem da zona de cuidados a chorar porque precisam de tirar 5,10 minutos para se acalmarem porque a quantidade de pessoas, às vezes, nas urgências, é de tal ordem que nos sentimos perdidos (…) Há um stress contínuo de estarmos com medo de errar porque a velocidade com que trabalhamos é tal que pode haver erros, pode haver esquecimentos, podem surgir problemas graves”. A denúncia de Maria João Pereira, uma entre milhares de vozes de desânimo que se têm ouvido nos últimos meses em França.


Sobre o mesmo assunto

  • França

    Crise nas urgências perdura em França

    Saber mais

  • Vida em França

    Seis meses de coletes amarelos em França

    Saber mais

  • Política/França

    França:Macron responde aos Coletes Amarelos

    Saber mais

  • França / Protestos

    Coletes Amarelos: novo sábado de violência em Paris

    Saber mais

  • Quando nas fotografias faltam os Africanos !

    Quando nas fotografias faltam os Africanos !

    Délio Jasse é um dos maiores expoentes da fotografia angolana.Alguns dos seus trabalhos estão patentes ao público neste momento em Madrid no âmbito da Photo España.Trata-se …

  • Ansiedade aumenta em torno dos refugiados de Lóvua

    Ansiedade aumenta em torno dos refugiados de Lóvua

    Desde o passado fim-de-semana cerca de 3 000 a 3 500 refugiadois congoleses decidiram caminhar até à fronteira para regressar ao país de origem a RDC.Uma situação que …

  • Face à divisão Renamo apela à união

    Face à divisão Renamo apela à união

    A Assembleia da República de Moçambique aprovou, esta quarta-feira, a proposta de Lei do Acordo de Paz e Reconciliação Nacional para acabar com meses de confrontos militares …

  • Open Arms:

    Open Arms: "a política está à frente da vida humana"

    Os dois navios humanitários Ocean Viking e Open Arms continuam bloqueados no mar mediterrâneo com centenas de migrantes a bordo.A incerteza e o desespero têm assombrado …

  • "É necessário despolitizar as questões migratórias "

    A Europa vive há 17 dias um imbróglio com o navio espanhol da ONG Open Arms bloqueado ao largo de Lampedusa.A bordo encontram-se 107 migrantes em situação de crise humanitária. …

  • Irmão de Lobo Antunes estreia-se no cinema

    Irmão de Lobo Antunes estreia-se no cinema

    O filme "Technoboss", do realizador português João Nicolau, é, na verdade, toda uma película assente num actor sobre o qual tudo recai. Trata-se de Miguel Lobo Antunes …

  • Imigração cabo-verdiana em Portugal em filme

    Imigração cabo-verdiana em Portugal em filme

    O realizador luso-suíço Basil da Cunha volta a filmar comunidades migrantes de cabo-verdianos nos arredores da capital portuguesa, no caso a Reboleira. A morte anunciada …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.