Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 22/08 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 18/08 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 22/08 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 18/08 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 22/08 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 18/08 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 22/08 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 18/08 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 18/08 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/08 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Petróleo: mercado à beira duma nova crise?

Petróleo: mercado à beira duma nova crise?
 
Primeiras páginas dos jornais franceses 12 de agosto de 2019 RFI

As primeiras páginas da imprensa diária francesa estão dominadas pela actualidade internacional, desde o sector petrolífero passando por escândalos sexuais americanos até à imigração italiana. 

Petróleo: mercado à beira duma nova crise, titula, LE MONDE. Entre tensões geopolíticas e guerra  comercial, o mercado do petróleo é submetido a pressões opostas susceptíveis de provocar uma uma crise grave. O risco de engrenagem guerreira entre o Irão e os Estados Unidos na região estratégica do estreito de Ormuz pode orientar para  a alta dos preços do petroléo.

Contudo, tem havido uma baixa dos preços do petróleo por causa dos riscos da guerra comercial ente Donald Trump e a China sobre a procura mundial. Outro factor de baixa é a produção de petróleo de xisto que continua a crescer nos Estados Unidos que se tornou  no primeiro produtor mundial em 2918, nota LE MONDE.

Ainda sobre os Estados Unidos, o mesmo verpertino dá relevo ao escândalo Epstein, um condensado das neuroses americanas. As circunstâncias do suicídio na prisão do homem de negócios novaiorquino acusado de crimes sexuais contra menores provocam um escândalo nacional.

Por seu lado lado, LIBÉRATION, titula, escândalo Epstein, América face aos seus demónios . Encontrado morto na sua cela, o homem de negócios, acusado de exploração sexual de menores não será julgado. Uma morte e  e um escândalo que mergulham os Estados Unidos na incredulidade. 

Acusado de tráfico sexual de dezenas de raparigas menores, Jeffrey Epstein declarou em julho estar inocente mas foi para a cadeia. O Ministro da Justiça, William Barr, emitiu um comunicado afirmando estar revoltado com a morte de Epstein e anunciou a abertura de um inquérito interno para além do inquérito do FBI.

O ex-Presidente Bill Clinton, que viajou várias vezes no avião privado de Epstein, chegou a declarar quando o homem de negócios reconheceu os seus crimes  sexuais e violência perversa, perante um tribunal de Flórida que nao sabia nada desses terríveis crimes e menos ainda daqueles que é acusado em Nova Iorque.

LIBÉRATION, divulga igualmente uma fotografia de fevereiro de 2000 onde figuram o actual presidente Trump e Epstein abraçando duas mulheres adultas, Melania Knauss e Ghislaine Maxwell. O jornal acrescenta que o ministro do Trabalho de Trump, Alexander Acosta foi obrigado a demitir-se, porque terá sido magnânimo com Epstein, num processo em 2008, quando era procurador em Miami.

Ainda no internacional, L'HUMANITÉ, titula, Matteo Salvini lança a sua marcha sobre Roma. A extrema direita quer conquistar sozinhas os poderes absolutos. Mas pode cair na armadilha do seu aliado M5 estrelas que poderia ir contra o Ministro do Interior. O chefe da Liga quer transformar qualquer tipo de eleições num referendo sobre a sua pessoa. 

Salvini que está em campanha este fim-de-semana antes de apresentar uma moção de desconfiança contra o governo de que faz parte para provocar eleições antecipadas, porque lidera todas as sondagens, nota L'HUMANITÉ.

Itália em plena dúvida, replica, LA CROIX. O estilhaçamento da coligação governamental em Roma deverá conduzir a novas eleições este ano, no momento em que os italianos atravessam um periodo de sinistrose.

Mas numerosos jovens desorientados apoiam Salvini, um oportunista extremista e sabe puxar pela corda nationalista denunciando a incoerência da coligação formado com o Movimento 5 estrelas adoptando a estratégia de derrubar o próprio governo e obter eleições antecipadas, nota La CROIX no seu editorial, denunciando o risco Salvini.

Mudando de assunto, por cá em França, LE FIGARO, titula, menores estrangeiros, eleitos locais lançam grito de alarme. São eleitos locais apoiantes da causa mas desamparados, que querem acolher esses menores mas não dispõem de financiamnetos para dar vazão ao fluxo crescente de jovens menores. São 40 mil os menores isolados estrangeiros actualmente em França, nota LE FIGARO.

Enfim, sobre o continente africano, LE MONDE, dá relevo, à África do sul, onde elefantes estão ameaçados pela turberculose. Desde a detecção do bacilo de Koch num paquiderme no parte Kruger em 2017, as autoridades estão em estado de alerta. O parque Kruger conta com 20 mil paquidermes. 

Há 2 anos, o pânico tomou conta das autoridades quando um dos paquidermes foi encontro morto no seguimento de problemas respiratórios. Após análises dos brônquios foi identificado o bacilo de Koch, bactéria responsável da doença nos seres humanos mas que se ignorava ser transmíssivel a animais, nota, LE MONDE. 


Sobre o mesmo assunto

  • Revista de Imprensa

    Planeta Terra está a ser estarrecido pelo homem diz ONU

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    Unidade de Reino Unido perante Brexit

    Saber mais

  • Revista de Imprensa

    China/Estados Unidos: a guerra das moedas

    Saber mais

  • Cimeira em França dos países do G7 sem grandes perspectivas

    Cimeira em França dos países do G7 sem grandes perspectivas

    Cimeira G7, Brexit ou as reformas que o presidente francês Macron tem de enfrentar depois das férias de verão, são alguns dos destaques da imprensa francesa.

  • Começa contra cimeira à cimeira G7 do fim-de-semana em França

    Começa contra cimeira à cimeira G7 do fim-de-semana em França

    Os preparativos da cimeira dos países do grupo G7 e a crise política na Itália dominam as primeiras páginas dos jornais franceses. 

  • Brexit das penúrias e lágrimas

    Brexit das penúrias e lágrimas

    Em destaque, nos jornais de terça-feira, o rescaldo do encontro Macron-Putin em Brégançon, a batalha de Idlib na Síria,o itinerário sexual de Jeffrey Epstein, a escalada …

  •  Macron reata contacto com Putin

    Macron reata contacto com Putin

    O encontro entre Emmanuel Macron e Vladimir Putin no forte de Brégançon antes da cimeira do G7,o governo afegão e os talibãs, a libertação de Paris há 75 anos, a assinatura …

  • Aquecimento, China agressiva em Hong Kong ou transição no Sudão

    Aquecimento, China agressiva em Hong Kong ou transição no Sudão

    As primeiras páginas dos jornais franceses apresentam-se diversificadas tanto a nível nacional como a nível internacional.

  • Hong Kong: escalada e ameaças da China

    Hong Kong: escalada e ameaças da China

    Em dia de feriado da "Assunção",a maioria dos diários franceses não se encontram nas bancas, com excepção do vespertino Le Monde, cujas páginas internacionais são dominadas, …

  • Escalada da violência em Hong Kong

    Escalada da violência em Hong Kong

    Os mundos secretos do financeiro Jeffrey Epstein, a escalada da violência nas manifestações em Hong Kong, Donald Trump decide adiar a aplicação de novas tarifas alfandegârias …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.