Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Angola

Eduardo Camavinga, médio angolano derrotou o PSG

media Eduardo Camavinga, médio angolano do Rennes. JEAN-FRANCOIS MONIER / AFP

A África Lusófona está sob os holofotes na Ligue 1. Depois da estreia de Tiago Djaló, jovem luso-guineense do Lille, eis que Eduardo Camavinga, médio angolano do Rennes, brilhou no domingo à noite e conseguiu derrotar o poderoso Paris Saint-Germain.

Em 90 minutos de jogo, um jogador pode passar de futebolista desconhecido a estrela do futebol. Foi quase isso que aconteceu com o médio nascido em Angola, Eduardo Camavinga.

Jovem promessa de 16 anos, Eduardo Camavinga é visto como uma esperança do futebol em França, ele que tenta obter a nacionalidade francesa.

No fim da temporada passada quando o Rennes estava com a situação estabilizada, terminando no décimo lugar, o Treinador francês Julien Stéphan lançou um jovem jogador que realizou sete jogos na posição de médio, era Eduardo Camavinga. Aliás tornou-se no mais jovem jogador a atuar na Ligue 1 com 16 anos, 4 meses e 27 dias, foi frente ao Angers (3-3) a 6 de Abril de 2019.

A história podia acabar por aqui, mas Julien Stéphan continuou a apostar no jogador que já nesta época defrontou o PSG na Supertaça francesa, derrota por 2-1, e actuou frente ao Montpellier na primeira jornada da Ligue 1, triunfo por 0-1.

Na segunda jornada reencontro contra o PSG. Desta vez o médio brilhou, aniquilando o meio-campo poderoso do PSG que conta com os experientes Marco Verratti e Marquinhos.

Presente em todas as zonas do campo, o médio defensivo alcançou mais um recorde, a do jogador mais jovem na Ligue 1 a fazer uma assistência para um golo, neste caso o segundo do Rennes apontado pelo avançado francês Romain Del Castillo.

Eduardo Camavinga é a nova ‘jovem estrela’ da Ligue 1, ele que nasceu em Miconje em Cabinda, em Angola, e chegou a França com apenas 2 anos visto que os pais fugiram do país. Hoje em Rennes com 16 anos, vai festejar os 17 anos a 10 de Novembro de 2002, ele que faz parte de uma família com seis filhos.

Recorde-se que o Stade Rennais ocupa o terceiro lugar com seis pontos, os mesmos que o líder, o Lyon. O próximo jogo do Rennes é no domingo 25 de Agosto, uma deslocação ao terreno do Estrasburgo.

Tiago Djaló também brilha no Lille

Segundo jogo profissional e segunda titularidade para o defesa-central luso-guineense do Lille, Tiago Djaló de 19 anos.

Após um triunfo por 2-1 frente ao Nantes, o Lille queria manter-se na frente do campeonato, mas acabou por tropeçar frente ao Amiens por 1-0.

No fim do encontro, em declarações à RFI, Tiago Djaló analisou esta derrota.

O Lille ocupa actualmente o décimo lugar com 3 pontos, os mesos que o Paris Saint-Gerain que está na oitava posição.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.