Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 09/12 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 10/12 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 09/12 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 10/12 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 09/12 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 10/12 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 09/12 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 10/12 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 09/12 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Acidente aéreo na Ucrânia deve endurecer postura dos EUA contra Rússia

Por
Acidente aéreo na Ucrânia deve endurecer postura dos EUA contra Rússia
 
Imagens do Boeing da Malaysia Airlines que caiu nesta quinta-feira na Ucrânia. REUTERS/Maxim Zmeyev

A queda do avião da Malaysia Airlines no leste da Ucrânia deve mudar a postura dos Estados Unidos sobre a crise ucraniana e as relações de Washington com a Rússia, acusada de armar os grupos separatistas. A imprensa norte-americana afirma que a aeronave foi derrubada por um míssil lançado pelos rebeldes, equipados e treinados por Moscou.

Ligia Hougland, correspondente da RFI em Washington

Apesar de nenhuma confirmação oficial, a imprensa norte-americana veicula com confiança, respaldada pela opinião de especialistas, a informação de que o avião foi derrubado por um míssil lançado por separatistas pró-Rússia, que estavam muito bem equipados e treinados por Moscou. Os analistas afirmam que o presidente russo, Vladimir Putin, tem a intenção de recriar um império e que isso representa uma ameaça não só para os Estados Unidos, como também ao cenário global.

Um dia antes da tragédia com o voo MH 17, o presidente norte-americano, Barack Obama, já tinha anunciado mais sanções às instituições russas que apoiassem as forças separatistas e a tensão entre a Casa Branca e o Kremlin vem aumentando. Mas os especialistas dizem que, para funcionarem, as restrições têm de ser realmente pesadas, como proibir a atuação de qualquer instituição financeira russa no mercado norte-americano.

O senador veterano e conservador John McCain diz que a tragédia desta semana dá mais motivo para os Estados Unidos armarem a Ucrânia. Muitos acham que, se Washington se envolver mais no conflito, outras nações europeias vão seguir o exemplo norte-americano e dar mais apoio a Kiev. Mas, até agora, nem se fala na possibilidade de um envolvimento de tropas americanas na região do conflito.


Sobre o mesmo assunto

  • Ucrânia/Catástrofe

    Jornais analisam possíveis repercussões de desastre aéreo na Ucrânia

    Saber mais

  • Ucrânia/Acidente Aéreo

    Comunidade internacional pede explicações após queda de avião da Malaysia Airlines na Ucrânia

    Saber mais

  • Ucrânia/Acidente aéreo

    Avião da Malaysia cai no leste da Ucrânia; Kiev e rebeldes trocam acusações

    Saber mais

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.