Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 26/06 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/06 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 26/06 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/06 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 26/06 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/06 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 26/06 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/06 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/06 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/06 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.

Domingos Simões Pereira:"PAIGC pede que Regras sejam Aplicadas."

Domingos Simões Pereira:
 
Domingos Simões Pereira, Primeiro-ministro, até 12 de agosto, altura em que foi demitido, pelo Presidente da República da Guiné Bissau Liliana Henriques/RFI

O nosso Convidado é Domingos Simões Pereira, Primeiro-ministro, da Guiné Bissau, até 12 de agosto, quando foi demitido, pelo Presidente, José Mário Vaz, avançando argumentos de crise política grave, impedindo o normal funcionamento das instituições do Estado.

Domingos Simões Pereira, antigo secretário-executivo da CPLP e actual Presidente do PAIGC, que ganhou as eleições legislativas de 2014, em entrevista exclusiva à RFI, reconhece que há problemas pessoais de desentendimento, com o Presidente da República, mas que, não podem ser argumentos plausíveis, entre homens de estado, para o chefe de estado, demitir um Primeiro-ministro.

"A menção desses desentendimentos e dificuldades de relacionamento, nós próprios, reconhecemos que temos tido dificuldades, mas, nunca entendemos, que isto tinha uma expressão, ao ponto de impedir o normal funcionamento das instituições; o Presidente da República, tratou de elevá-lo, a este ponto, portanto, nós não estamos de acordo, mas compreendemos."

"Agora, o problema é que o Presidente da República optou por associar a esse argumento, um conjunto de acusações, que nós, não só, refutamos, liminarmente, como dizemos, não corresponder, minimamente, à verdade!"

"E portanto, não só, em termos pessoais, mas mesmo, em termos da representação, nós não podemos  aceitar, que sejam feitas, de forma gratuitas, essas acusações, e portanto, temos a intenção de trazer a limpo, elementos, que permitam trazer alguma luz, porque parece-nos, evidente, que se alguém tem que fazer alguma explicação de recursos, mal apropriados, certamente, que não sou eu (...)

"Agora, a nível do nosso relacionamento, há leis, há regras, e o que o PAIGC pede, é que essas regras sejam respeitadas e sejam aplicadas."

Palavras de Domingos Simões Pereira, cujo nome, foi escolhido pelo PAIGC, de que é líder, esta quinta-feira, 13 de agosto, e que vai ser apresentado, ao Presidente da República, para Primeiro-ministro, do próximo governo, da Guiné Bissau.


Sobre o mesmo assunto

  • Convidado

    Guiné Bissau: "Solução da Crise Política são Eleições antecipadas"

    Saber mais

  • Convidado

    41º aniversário da independência da Guiné-Bissau

    Saber mais

  • Convidado

    Liga dos Direitos Humanos pede que o presidente garanta a estabilidade na Guiné-Bissau

    Saber mais

  • Convidado

    Defesa guineense apostada na sua reforma

    Saber mais

  • Angola empatou e Guiné-Bissau entra em campo no CAN 2019

    Angola empatou e Guiné-Bissau entra em campo no CAN 2019

    Na reportagem desta terça-feira 25 de Junho, vai abordar o futebol lusófono que está presente no CAN: o empate inaugural de Angola e a segunda presença consecutiva no …

  • Guiné-Bissau: e agora?

    Guiné-Bissau: e agora?

    Foi investido neste Sábado Aristides Gomes para um novo mandato consecutivo como Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, após o seu nome receber luz verde do Presidente José …

  • Moçambicana ajuda refugiados venezuelanos na Colômbia

    Moçambicana ajuda refugiados venezuelanos na Colômbia

    Vitória da Conceição Ginja é directora-adjunta do Programa Mundial Alimentar (PAM) na Colômbia desde 2016, ano em que foi assinado o Acordo de Paz entre o governo e as …

  • Paris festeja música da lusofonia

    Paris festeja música da lusofonia

    Paris e a França celebraram a 21 de Junho a 38a edição da Festa da Música. Na capital francesa a música da lusofonia esteve em foco. Trata-se de uma programação da associação …

  • Miguel Duarte arrisca prisão por salvar vidas

    Miguel Duarte arrisca prisão por salvar vidas

    O português Miguel Duarte e mais nove ex-tripulantes do Iuventa, um navio da organização não-governamental alemã de resgate humanitário no mediterrâneo, foram indiciados …

  • Moçambique: relações privilegiadas com EUA

    Moçambique: relações privilegiadas com EUA

    Moçambique faz parte da lista restrita de países com relações comerciais privilegiadas com os Estados Unidos da América. A conclusão resulta da cerimónia de assinatura …

  • As dúvidas sobre a morte de Morsi

    As dúvidas sobre a morte de Morsi

    O antigo presidente do Egipto morreu ontem depois de ter sofrido um ataque cardíaco durante uma audiência em tribunal. Mohamed Morsi foi enterrado esta terça-feira, numa …

  1. 1
  2. 2
  3. 3
  4. ...
  5. seguinte >
  6. último >
As emissões
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.