Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 17/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 17/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 17/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Bureau Político do PAIGC não quer Baciro Djá

media Domingos Simões Pereita, em plena campanha eleitoral das legislativas de 2014, que o PAIGC, ganhou. RFI

O Bureau Político do PAIGC, terminou por volta das 3 horas locais de madrugada, a sua reunião, adoptou uma resolução contra a nomeação de Baciro Djá, como primeiro-ministro e pede ao Presidente para respeitar, a decisão da maioria que ganhou as eleições legislativas.  

Já era esperada a decisão do Bureau Político do PAIGC, reunido, em Bissau, desde a tarde desta sexta-feira, 21 de agosto, até esta madrugada, de sábado, 22 de agosto, sobre o caso "Baciro Djá".

Com o controlo do Bureau Político, o líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, primeiro-ministro, demitido, a 12 do corrente mês, pelo Presidente da República, José Mário Vaz, tinha a certeza, de que o nome de Baciro Djá, escolhido para ocupar o seu lugar de chefia do governo, seria vetado.

Assim, o Bureau Político do PAIGC, partido maioritário, condenou a decisão do Presidente da República, de nomear, no dia 20 de agosto, Baciro Djá, como primeiro-ministro, à revelia, do Partido, que já tinha feito a sua escolha, na pessoa de Domingos Simões Pereira, para, enquanto líder do Partido, voltar a ser nomeado, para o cargo, depois de ter sido demitido.

"O Bureau Político, aprovou um conjunto de resoluções, que no essencial, vai no sentido, da condenação da nomeação, feita pelo senhor Presidente da República, do primeiro-ministro, [Baciro Djá] que não observou, todos os ditames legais e constitucionais", declarou o líder do PAIGC, Domingos Simões Pereira, à imprensa, à  saída dessa longa maratona, que foi a reunião desse órgão do Partido.

O mesmo Domingos Simões Pereira, acrescentou ainda:

"O direito à formação do governo, resulta, dumas eleições legislativas, portanto, isso é uma competência exclusiva do PAIGC, e portanto, espero que o senhor Presidente da República, possa rever essa situação outorgando ao PAIGC, a comeptência de poder fazer uso, duma prerrogativa, que lhe é atribuída, por força, dumas eleições legislativas."

Oiça as declarações de Domingos Simões Pereira, recolhidas, pelo  nosso correspondente, em Bissau, Mussá Baldé.

Domingos Simões Pereira, Presidente do PAIGC 22/08/2015 ouvir

De notar, enfim, que foi suspensa a missão da CEDEAO, que deveria ter estado na Guiné Bissau, no dia em que o Presidente, José Mário Vaz, nomeou, Baciro Djá, primeiro-ministro. 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.