Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 17/02 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/02 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 17/02 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 19/02 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 17/02 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 19/02 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 17/02 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 19/02 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 17/02 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 19/02 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Governo guineense manda prender crianças

media Criança Reuters

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau deu ordens ao ministro do interior para prender e mandar para as ilhas os jovens apanhados a mendigar.

A Associação dos Amigos da Criança (Amic) da Guiné-Bissau condena a ordem de prisão para as crianças apanhadas a mendigar, designadamente as crianças talibés, crianças que à margem da respectiva escolarização junto de escolas corânicas pedem frequentemente esmola nas ruas das cidades.

"Prender e enviar para ilhas essas crianças seria uma violação gravíssima das disposições legais, nacionais e internacionais, que protegem os direitos das crianças e nós condenamos essa atitude", afirmou Laudolino Medina, secretário executivo da Associação dos amigos da criança que se insurge contra esta medida.

Secretário-executivo da Associação dos Amigos da Criança, Laudolino Medina 09/08/2017 ouvir

Talibe significa estudante em arábico. A falta de regulamentação das escolas islâmicas onde as crianças estudam o Corão e aprendem a falar e a ler árabe, permite em alguns casos que esses espaços se transformem em lugares de escravatura infantil no Senegal.

No país vizinho dezenas de milhares de crianças talibé continuam a ser obrigadas a pedir nas ruas e a serem alvo de abusos por parte de várias escolas corânicas tradicionais.

O governo senegalês aprovou legislação para combater estas práticas há um ano, mas "com pouco sucesso" lembrou há cerca de um mês foi publicado um documento, elaborado pelas organizações Human Rights Watch (HRW) e Plataforma para a Promoção e Protecção dos Direitos Humanos (PPDH, coligação de várias instituições senegalesas).

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.