Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 10/12 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 08/12 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 08/12 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 10/12 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 08/12 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 08/12 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 10/12 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 08/12 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 08/12 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 10/12 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 08/12 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 10/12 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 08/12 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Professores guineenses ameaçam prolongar a greve

media Assembleia Nacional Popular. 9 de Maio de 2017. SEYLLOU / AFP

Na Guiné-Bissau, continua o braço de ferro entre o Governo e os dois Sindicatos do Sector da Educação. As Escolas Públicas foram paralisadas logo depois da abertura oficial do ano lectivo em Outubro.

Dois dias antes do término da greve cujo pré-aviso termina dia 24, o SINAPROF e o SINDEPROF entregaram hoje ao governo um novo pré-aviso de greve a iniciar já no dia 27 de Novembro, até 22 de Dezembro. A paralisação de 20 dias será acompanhada de manifestações, para protestar contra a decisão do governo em bloquear o salário do mês de Novembro na sequência da primeira paralisação que termina esta sexta-feira.

Nos últimos dias, tudo indicava que o braço de ferro entre o governo e os dois sindicatos dos professores poderia chegar ao fim. Todavia, as negociações caíram por terra, devido áquilo que os sindicatos qualificam de intimidação por parte do Governo.

Assim, o Sindicato Nacional-SINAPROF e o Sindicato Democrático- SINDEPROF endurecem as suas posições, exigindo a aplicação urgente do Estatuto da Carreira Docente promulgado desde 2011.

Os sindicatos contabilizam uma dívida por parte do governo no valor de mil milhões de francos CFA, referentes aos atrasados salariais de 2006, 2011 a 2013 e os retroativos de diferentes anos letivos, bem como os salários dos contratados de 2016.

Professores guineenses tinham posto termo à greve iniciada a 15 de Maio passado após cehgarem a um  acordo com o governo sobre a aplicação do estatuto da carreira do docente e o pagamento dos salários em atraso.

Correspondência de Aliú Candé em Bissau

Correspondência de Aliú Candé, em Bissau 22/11/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.