Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Guiné Bissau : Aumentos na função pública em Setembro

media Sede da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - UNTG UNTG

O Ministro do Trabalho e da Função Pública da Guiné Bissau, Fernando Gomes, anunciou nesta Quarta-feira, que o governo vai aplicar uma nova tabela salarial aos funcionários públicos a partir de Setembro. Júlio Mendonça, Secretário - geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - Bissau ( UNTG), considera que se trata duma vitória dos trabalhadores, que há muito lutavam por isso.

Foi depois da assinatura de um acordo com os dirigentes da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné-Bissau (UNTG), nesta Quarta-feira, que o Ministro do Trabalho e da Função Pública anunciou a nova tabela salarial, mas adiantou faltarem ainda alguns pormenores,  que serão corrigidos em breve pelo Ministério da Economia e Finanças.

Os trabalhadores que recebiam 29 mil francos CFA de salário mínimo mensal  vão passara a receber 50 mil francos CFA, o que representa um aumento considerável, apenas tornado possível através de "cortes efectuados nos subsídios dos representantes dos órgãos da soberania.".

Entrevistado pela RFI, Júlio Mendonça, Secretário - geral da União Nacional dos Trabalhadores da Guiné - Bissau ( UNTG), começou por afirmar que se trata duma vitória dos trabalhadores, ao cabo de mais de vinte anos de estagnação salarial, e considera que - desta vez - o governo respeitará os seus compromissos.  Oiça aqui :

 

Júlio Mendonça, Secretário geral da UNTG 02/08/2018 ouvir

A Guiné-Bissau conta com mais de 30 mil funcionários públicos, segundo o recenseamento de 2014, e a última revisão salarial tinha tido ocorrido em 1994.

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.