Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 15/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 14/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 15/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 14/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 15/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 14/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 15/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 14/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 14/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

COP24: Países têm retraído financiamento

media A cimeira do clima decorre até 14 de Dezembro, em Katowice. Cristiana Soares

Bissau espera ver as questões do financiamento e “livro de regras” do Acordo de Paris resolvidos nesta COP24. Para Viriato Cassamá, ponto focal da Guiné-Bissau para as alterações climáticas, a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris veio prejudicar as negociações.

Os sinais são claros, o planeta está a aquecer e os fenómenos climáticos extremos são cada vez mais frequentes. Todavia, os cerca de 200 países reunidos em Katowice, na Polónia, tardam numa resposta ambiciosa.

Para Viriato Cassamá, ponto focal da Guiné-Bissau para as alterações climáticas, a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris veio prejudicar as negociações.

Bissau espera, nesta Conferência das Partes, ver as questões do financiamento e “livro de regras” do Acordo de Paris resolvidos: “temos grandes expectativas de que, pelo menos, o artigo 9.5, que diz respeito ao financiamento, seja aligeirado. Por outro lado, pensamos que vamos conseguir terminar o programa de trabalho para a implementação do Acordo de Paris”, reiterou Viriato Cassamá.

O guineense sublinhou que o seu país conseguiu, no início de Dezembro, "financiamento para um mecanismo de prontidão para o estabelecimento da autoridade nacional designada em termos do Fundo Verde do Clima”. Cipriano Cassamá denuncia que “os países que financiam têm estado a criar barreiras e a retrair o financiamento do Fundo Verde”.

Para o ponto focal da Guiné-Bissau para as alterações climáticas, não há dúvidas, “o pronunciamento dos Estados Unidos em retirar-se do Acordo de Paris retraiu grande parte dos países, que sempre se comprometiam a disponibilizar fundos e meios para os países que mais sofrem com as alterações climáticas, e prejudicou, em larga medida, as negociações internacionais sobre o clima”.

Viriato Cassamá, ponto focal da Guiné-Bissau para as alterações climáticas 10/12/2018 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.