Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 19/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 22/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 22/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 22/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 22/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 22/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Guiné-Bissau

Guiné-Bissau: Parlamento retira poderes ao Presidente da República

media Parlamento retira competências constitucionais a José Mário Vaz. GOSCE

Assembleia Nacional Popular da Guiné-Bissau aprovou, hoje, por maioria, uma resolução que determina a cessação imediata das funções constitucionais do Presidente da República e a sua substituição no cargo pelo presidente do parlamento.

A resolução que afasta José Mário Vaz, cujo mandato terminou no domingo, foi aprovada por 54 dos 102 deputados do parlamento.

O texto foi aprovado com os votos dos deputados do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGGC), Assembleia do Povo Unido – Partido Democrático da Guiné-Bissau, União para a Mudança e partido da Nova Democracia, que formam a maioria.

Os deputados do Movimento para a Alternância Democrática da Guiné-Bissau (Madem-G15) e do Partido da Renovação Social (PRS) não estiveram presentes na sessão.

Califa Seidi, líder do Grupo Parlamentar do PAIGC, não descarta a possibilidade de se chegar ao Tribunal Supremo de Justiça.

É, por isso, que o parlamento mandatou o seu presidente.

Possivelmente poderá chegar-se ao Supremo Tribunal de Justiça, nas vestes do Tribunal Constitucional, com vista a aplicar aquilo que a Constituição nos diz”, adiantou Califa Seidi.

Sobre a situação de indefinição do Governo, Califa Seidi espera que a CEDEAO tome uma decisão política.

Califa Seididiz que o assunto está a ser ponderado "precisamente no âmbito da nossa comunidade, no âmbito da CEDEAO. Possivelmente haverá alguma solução com vista a termos um governo. Houve uma iniciativa dessas em Lomé em que depois saíram de lá soluções."

A resolução será apresentada na cimeira da CEDEAO, em Abuja, a ter lugar sábado, pelo Presidente do Parlamento, acompanhado pela maioria parlamentar.

Oiça aqui a correspondência de Bissau, Aliu Candé:

Correspondência de Aliu Candé 27/06/2019 ouvir
Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.