Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 16/09 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/09 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 16/09 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/09 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 16/09 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/09 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 16/09 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/09 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/09 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/09 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique: três mortos num naufrágio

media Os familiares e as autoridades (compostas pela polícia marítima fluvial e a administração marítimas), entreajudam-se numa operação em que se receia a descoberta de mais óbitos. RFI

Três pessoas, dois adultos e uma criança, morreram em consequência de um naufrágio ocorrido no rio Chipaca, na província da Zambézia, no centro de Moçambique. Outras 18 pessoas continuam desaparecidas. 

Numa conclusão ainda preliminar, o director provincial dos Transportes e Comunicações, Alberto Nhamarage, aponta o erro humano como causa do naufrágio ocorrido nas primeiras horas de sábado e com o registo de três sobreviventes.

A tripulação da lancha, composta por três pessoas, fugiu momentos após o naufrágio. Em declarações à agência de notícias Lusa, Miguel Cândido, porta-voz da polícia moçambicana na província da Zambézia, afirmou que se estima que o acidente tenha ocorrido por volta das 7h da manhã de sábado, devido ao facto de a embarcação se encontrar sobrelotada, o que fez com que a embarcação chocasse com uma ponte.

As buscas prosseguem nas margens do rio Chipaca. Os familiares e as autoridades (compostas pela polícia marítima fluvial e a administração marítimas), entreajudam-se numa operação em que se receia a descoberta de mais óbitos. No entanto, a tarefa é dificultada devido à fúria das águas.

Confira a crónica do nosso correspondente em Moçambique, Orfeu Lisboa, sobre o assunto. 

Crónica do correspondente da RFI em Moçambique, Orfeu Lisboa 12/02/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.