Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Casos de cólera confirmados em Moçambique

media Maputo, capital de Moçambique DR

Desde o começo do ano, têm sido registadas dezenas de casos de diarreia designadamente na Matola e em Maputo, no sul de Moçambique, mas igualmente no norte do país, tendo sido confirmado hoje que alguns deles são casos de cólera.

De acordo com os dados avanços esta tarde pela directora nacional adjunta de saúde pública, há actualmente 216 doentes com cólera e um óbito confirmado. Falando em conferência de imprensa para fazer o balanço da situação epidemiológica do país, Benigna Matsinhe apontou para além das cidades de Maputo e Matola, a cidade de Nampula no norte de Moçambique, como sendo um dos focos da epidemia.

As autoridades de saúde da província de Maputo referiram que estão já no terreno a distribuir produtos para a purificação da água e a sensibilizar as populações para a observância de medidas de higiene. Água potável está a ser fornecida aos cidadãos nas cidades da Matola e Maputo em dias alternados devido aos baixos níveis provocados pela seca severa dos últimos dois anos. Mais pormenores com Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Maputo 16/02/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.