Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 21/05 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 23/05 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/05 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 21/05 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 23/05 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/05 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 21/05 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 23/05 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/05 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 21/05 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 23/05 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 21/05 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/05 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique continua a negociar dívida

media Ministro moçambicano da Economia Adriano Maleiane DR

A poucos dias de Moçambique ter que pagar a primeira prestação das dívidas contraídas pelas empresas Pro Índicos e Mozambique Asset Management, o governo continua a não saber se vai conseguir honrar o seu compromisso. Num contexto em que o país tem estado a atravessar grandes dificuldades económicas, o governo reconheceu estar a depositar as suas esperanças no processo de renegociação das dívidas.

Foi com a justificação da precariedade das finanças públicas que Maputo encetou no passado mês de Outubro negociações com os seus credores em Londres com vista a obter condições mais favoráveis para o reembolso das dívidas de 850 milhões de dólares da empresa Ematum, 787 milhões dólares da Pro Indicus e 500 milhões de dólares de dívida da MAM. Estes empréstimos foram efectuados a troco de garantias do Estado durante o período em que Armando Guebuza era Presidente da República, sem conhecimento dos parlamentares.

Desde o começo das conversações com os credores, Maputo colocou em cima da mesa a hipótese de não conseguir pagar os juros de 60 milhões de dólares referentes a esta avultada dívida, o que acabou mesmo por acontecer. Agora está a chegar a altura de pagar a primeira tranche da dívida da da Pro-Indicus e da MAM, previsto para Março e, mais uma vez, o governo mostra-se céptico. Em declarações à imprensa hoje em Maputo, o Ministro da Economia e Finanças Adriano Maleiane garantiu que Moçambique continua a negociar a dívida pública mas sem ainda ter a certeza se vai ou não honrar com os compromissos junto dos seus credores.

Ministro da Economia e Finanças Adriano Maleiane em declarações recolhidas por Orfeu Lisboa 27/02/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.