Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 27/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 27/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 27/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 27/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 27/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Dhlakama anuncia mais 60 dias de trégua

media Afonso Dhlakama, presidente da Renamo. GIANLUIGI GUERCIA / AFP

Afonso Dhlakama anunciou hoje a prorrogação da trégua nos confrontos com as Forças de Defesa e Segurança moçambicanas por mais 60 dias. O presidente da Renamo, principal partido da oposição em Moçambique, mostrou-se ainda confiante na assinatura de um acordo de paz duradouro.  

Foi ao telefone, a partir da Gorongosa, província de Sofala, centro do país, onde se encontra refugiado, que Afonso Dhlakama anunciou aos jornalistas que se encontravam reunidos na sede da Renamo, em Maputo, a prorrogação da trégua, “a partir das 00:00 de 4 de Março, amanhã, para dia 4 de Maio deste ano”.

Mais uma trégua de 60 dias que visa permitir aos grupos de trabalho, sobre a descentralização administrativa e sobre os assuntos militares, constituídos no âmbito das negociações para a paz, que desenvolvam o seu trabalho.

Sobre o grupo de trabalho sobre a descentralização, Dhlakama sublinhou que este terá de apresentar à Assembleia da República uma proposta de lei, que contemple a eleição directa dos governadores provinciais e a autonomia financeira das províncias.

No que diz respeito aos assuntos militares, o grupo de trabalho em causa tem, para já, de proceder ao enquadramento dos quadros da Renamo nos lugares de chefia das Forças de Defesa e Segurança.

O líder do maior partido da oposição moçambicana sublinhou que a trégua servirá igualmente “para fazer com que a economia do país funcione, o sossego volte, a paz é sagrada".

Para Dhlakama, a Renamo e o Governo devem capitalizar o actual processo negocial para a criação de condições rumo a uma paz efectiva e verdadeira, que garanta o gozo dos direitos e liberdades democráticos.

A trégua hoje decretada pela Renamo é a terceira desde Dezembro.

Com a colaboração de Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo.

Orfeu Lisboa, correspondente da RFI em Maputo 03/03/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.