Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 23/04 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 26/04 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/04 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/04 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 23/04 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 26/04 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/04 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/04 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 23/04 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 26/04 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/04 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/04 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 23/04 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 26/04 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 23/04 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 26/04 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique: MDM quer revisão constitucional

media Daviz Simango, Líder do MDM. 13 de Outubro de 2014. GIANLUIGI GUERCIA / AFP

O presidente do Movimento Democrático de Moçambique, Daviz Simango, defende a revisão da Constituição e da lei eleitoral antes das eleições de 2018 e 2019 para que o país não volte a viver crises pós- eleitorais.

O presidente do Movimento Democrático de Moçambique (MDM), Daviz Simango, defendeu que é tempo de o povo escolher os seus governadores. Simango, que falava num comício popular na cidade da Beira, defendeu a revisão da Constituição e da lei eleitoral antes das eleições de 2018 e 2019.

O presidente do MDM, terceira força política e na oposição, considera que o país não pode continuar a viver “uma democracia armada”.

Oiça aqui a reportagem de Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo.

Orfeu Lisboa, Correspondente em Maputo 12/03/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.