Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 16/07 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/07 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/07 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 16/07 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/07 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/07 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 16/07 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/07 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/07 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 16/07 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/07 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 16/07 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/07 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Moçambique reforça controlo ao contrabando de álcool

media Moçambique vai fiscalizar novos selos de bebidas alcoólicas. www.flickr.com

Em Moçambique, as bebidas alcoólicas passam, hoje, a ser obrigadas a ter um novo selo de controlo fiscal para serem vendidas no país. A medida visa combater a fuga ao fisco.

Todas as bebidas alcoólicas à venda no mercado moçambicano sem o selo fiscal vão ser recolhidas sob suspeita de serem produto contrabandeado, avisou o director regional sul da Autoridade Tributária Amílcar Mulungo.

A medida entrou em vigor este domingo para os vinhos e bebidas espirituosas, mas as cervejas têm mais tempo para se adaptar já que a selagem obrigatória passa a ser obrigatória a partir de 17 de Novembro.

De acordo com as autoridades alfandegárias, metade das bebidas alcoólicas importadas entram em Moçambique ilegalmente. Só este ano, o Estado perdeu 60% das receitas fiscais que deviam ser cobradas no comércio de bebidas alcoólicas e tabaco manufacturado devido ao contrabando.

Oiça aqui a reportagem de Orfeu Lisboa.

Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo 16/07/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.