Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Renamo acusa partidos de gerirem mal o dinheiro das autarquias

media Ivone Soares, líder parlamentar da Renamo /www.facebook.com/mivonesoares

A Renamo acusa, os partidos que dirigem alguns municípios de arrecadar receitas para o benefício próprio em detrimento da melhoria de vida dos munícipes.
A acusação é da membro da comissão política e chefe da bancada parlamentar da Renamo, Ivone Soares, que pretende eleger mais edis nas próximas eleições autárquicas.

São acusações da Renamo, principal partido da oposição as formações políticas que dirigem os municípios em Moçambique.

"Nós notamos que estes partidos que estão agora a dirigir as autarquias não tem nenhum compromisso directo com o eleitor. Estão mais precupados agora em arrecadar receitas fruto do contributo das munícipes, não para melhorar a vida dos munícipes, nem dos municípios, mas para benificiar a sí próprios e aos membros da sua família e aos grupos de amizade", denunciou Ivone Soares.

A pobreza extrema, alta taxa de desemprego entre os jovens e a insuficiência de meios para a recolha de lixo são alguns dos problemas com que se debatem os municípios diz Ivone Soares, membro da comissão política da Renamo, uma situação que o seu partido pretende inverter já a partir das eleições autárquicas agendadas para 10º de Outubro de 2018.

Actualmente, a Frelimo partido no poder e o Movimento Democrático de Moçambique MDM, na oposição, são as duas forças políticas que dirigem as autárquias.

Recorde-se que, após a assinatura do Acordo Geral de Paz em 1992, em Roma na Itália, a Renamo conquistou nas primeiras eleições em 1994 e dirigiu parte dos municípios em Moçambique. O boicote à participação nas últimas eleições autárquicas ditou a perda de liderança.

O principal partido da oposição em Moçambique partido está a realizar as suas conferências provinciais e a eleger novos corpos sociais tendo em vista as eleições autárquicas de 2018 e gerais de 2019.

 

Correspondência de Orfeu Lisboa 17/09/2017 ouvir

 

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.