Ouvir Carregar Podcast
  • 16h00 - 16h06 TMG
    Noticiário 15/10 16h00 GMT
  • 16h00 - 16h10 TMG
    Noticiário 20/10 16h00 GMT
  • 16h06 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 16h06 GMT
  • 16h10 - 16h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 16h10 GMT
  • 17h00 - 17h06 TMG
    Noticiário 15/10 17h00 GMT
  • 17h00 - 17h10 TMG
    Noticiário 20/10 17h00 GMT
  • 17h06 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 17h06 GMT
  • 17h10 - 17h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 17h10 GMT
  • 18h00 - 18h06 TMG
    Noticiário 15/10 18h00 GMT
  • 18h00 - 18h10 TMG
    Noticiário 20/10 18h00 GMT
  • 18h06 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 18h06 GMT
  • 18h10 - 18h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 18h10 GMT
  • 19h00 - 19h06 TMG
    Noticiário 15/10 19h00 GMT
  • 19h00 - 19h10 TMG
    Noticiário 20/10 19h00 GMT
  • 19h06 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 15/10 19h06 GMT
  • 19h10 - 19h30 TMG
    Segunda parte da emissão 20/10 19h10 GMT
Para aproveitar em pleno os conteúdos mutimedia, deve ter o plugin Flash instalado no seu navegador. Para estabelecer a ligação deve activar os cookies nos parâmetros do seu navegador. Para poder navegar de forma ideal o site da RFI é compatível com os seguintes navegadores: Internet Explorer 8 e +, Firefox 10 e +, Safari 3 e +, Chrome 17 e + etc.
Moçambique

Primeiro-ministro moçambicano apela à calma em Mocimboa

media O primeiro-ministro de Moçambique, Carlos Agostinho do Rosário. REUTERS/Grant Lee Neuenburg

A situação em Mocimboa da Praia, em Cabo Delgado está calma. A constatação é do primeiro-ministro Carlos Agostinho do Rosário que defende que devem ser levadas a cabo acções de promoção da paz.

O Primeiro-ministro moçambicano, garante que a situação em Mocímboa da Praia já está mais calma e que as forças de defesa e segurança já conseguiram restabelecer a tranquilidade após a invasão à vila de homens armados pertencentes a seita religiosa autodenominada Al Shabaab.

Perante o caso, Carlos Agostinho do Rosário, primeiro-ministro, apela à calma e a paz; "a situação voltou à normalidade, vamos começar a trabalhar. Temos que manter a calma e manter Moçambique unido e vivermos em tolerância um ao outro e construir a paz a partir das nossas casas, nossos bairros e vilas".

Mocímboa da Praia, em Cabo Delgado, foi nas vésperas do fim-de-semana, palco de violentos confrontos entre a polícia e um grupo de 30 pessoas armadas, que atacaram instalações policias onde roubaram armamento. Situação que provocou a morte a dois agentes da polícia e 14 homens armados e algumas dezenas de feridos.

Correspondência de Moçambique 09/10/2017 ouvir

Sobre o mesmo assunto
 
Lamentamos, mas o prazo para estabelecer a ligação em causa foi ultrapassado.